Barreirinhas, como é, onde ficar e onde comer

Pra quem quer visitar os Lençóis Maranhenses, precisa saber que a cidade base para isso é Barreirinhas e não São Luís. Para chegar lá você pode alugar um carro, pegar um transfer com uma agência (o que fizemos e custa R$ 50) ou pegar um ônibus local (não recomendo). São atualmente 4h de viagem com uma paradinha rápida no meio.

barreirinhas

Em geral é uma viagem bem tranquila, só é meio demoradinha. Aproveite para descansar e recuperar energias, porque vai precisar pra visitar os Lençóis, hehe.

Bem, Barreirinhas é uma cidade muito pequena, bem simples e que basicamente vive de turismo. Isso é um choque, porque a cidade não está nem de longe preparada pra isso e poderia lucrar e oferecer muito mais. Lá, você vai se deslocar de táxi ou a pé caso fique hospedado no centrinho. Tem muitas pousadas e hotéis sim, mas poucos restaurantes daqueles convidativos, sabe como? Souvenir não espere encontrar em todo canto como outras cidades bem turísticas.

O que achei mais peculiar e diferente, é que bem no meio da cidade, assim no meio da rua, tem uma duna gigantesca! Segundo um dos guias que nos acompanhou nos passeios, é o cartão postal da cidade, existe ha anos e nunca caiu. Juro, fiquei chocada.

barreirinhas

Lá ficamos em uma pousada muito bacana, a Encantes do Nordeste, umas das maiores da região. Além de estrutura top com vários chalés, eles tem um restaurante bacana na beira do Rio Preguiça e também fazem todo o serviço de receptivo e passeios. Isso facilita bastante porque você pode fechar tudo com um lugar só.

barreirinhas

barreirinhas

Os quartos são bem espaçosos, tem tv, ar, wi-fi e frigobar. O chuveiro é daquele que não molha todo o banheiro (e vocês sabem que eu sempre reparo isso porque simplesmente odeio quando acontece alagamento de banheiro, hehe) e tem água quente.

barreirinhas

O café da manhã é em frente a piscina e todos os atendestes foram super simpáticos e prestativos, até mais do que eu esperava.

barreirinhas

Os chalés são separados em casas com 4 quartos, um do lado do outro e outros 2 que podem ser interligados por portas no meio. Legal que se vai em bastante gente, dá pra ficar todo mundo bem perto. O preço para quarto triplo é de cerca de R$ 390 e o quádruplo de R$ 425. Vale lembrar que os valores variam com base na alta/baixa temporada.

barreirinhas

No primeiro dia, almoçamos no restô da Pousada, o Bambaê. O lugar é muito lindo, tranquilo pra relaxar depois da comida e o que pedimos estava super gostoso. Pena que a gente teve basicamente 20min. pra almoçar nesse dia. =(

barreirinhas

barreirinhas

barreirinhas

Aliás, foi esse almoço que levamos uma quentinha pro passeio, porque realmente não deu tempo de comer e não dava pra ficar sem nada o resto do dia. Solução: quentinha. Não me julguem.

barreirinhas

A noite fomos pro centrinho e paramos na margem do rio também, onde tem alguns restaurantes, bares com mesinha pra fora e algumas lojas. Fomos no A Canoa, indicação do guia como um dos melhores da cidade.

barreirinhas

De fato ele é bem ajeitadinho e tem muitas opções. Escolhemos algo bem rápido e gordo (gente, muita fome depois de passear nos Lençóis), pizza. Massa fina e muito saborosa. Valeu a escolha!

barreirinhas

Depois do jantar demos uma voltinha por ali. Muito agito, muita gente e o point da noite. Você pode finalizar o passeio na cidade tomando um dos sorvetes de frutas diferentes que tem por lá.

Na sequência conto como foi o passeio nos Lençóis, o grande hit da viagem! ;)

 Outros posts sobre Maranhão:

– Um pouco sobre São Luís e o que fazer por lá

– Onde ficar em São Luís: Holiday Inn

– Mercado do Peixe: Um restaurante para experimentar em São Luís

– Lençóis Maranhenses, a coisa mais linda que vi até hoje!

– Passeio pelo Rio Preguiças e pequenos povoados no Maranhão

– Atins: o pequeno povoado pra prestar atenção no Brasil

– Recomendações para uma viagem aos Lençóis Maranhenses

———- x ———-

Nossa ida a Barreirinhas foi uma cortesia da Lotus Turismo e nossa estadia na cidade foi uma parceria com a Encantes do Nordeste.

Comentários

comments

Leave a Reply