Bazar de especiarias e o Grand Bazar

Quem vai a Turquia vai, além de ver mesquitas, comer bem e comprar. Comprar muuuuito e comer mais anda, e nenhum lugar melhor pra isso que esses 2 bazares da cidade, o Bazar de especiarias e o Grand Bazar, mais famoso.

Grand Bazar entrada

A princípio eles são bem parecidos em conteúdo típico, mas o Grande Bazar é infinitamente maior e ainda tem uma sessão gigantesca de jóias e umas coisas a mais, estilo “made in _____ (preencha qual país você achar melhor)“. Sim, é fato, tem muita coisa made in por lá, mas não tem importância né? A gente gosta de ciobinha típica, são bacanas, não tem aqui – e quando tem são absurdas de caras – e a comida pelo menos é bem Turca, e deliciosa!

Vamos falar primeiro do Bazar de Especiarias, o primeiro que eu fui. Ele fica ao lado da Mesquita Nova e é bem mais enxuto que o Grand Bazar. Na minha opinião ele é bem menos cansativo, aliás, ouso dizer que gostei mais desse que do tal Grand Bazar.

comidinhas bazar de especiarias istambul

O Bazar de Especiarias é conhecido também como Bazar Egípcio e ali ficam cerca de 100 lojas. É fácil de deslocar lá dentro e não tem como se perder. Nesse bazar vi muito mais especiarias – dã, é o nome do bazar – e comidinhas gostosas, e por ser menor, é muito mais fácil ver e aproveitar bem cada detalhe.

especiarias bazar de especiarias istambul

O Grand Bazar é sei lá, 700x maior e fica próximo a Mesquita Azul. É uma região bem turística e você pode ir a pé dali só com o olho no mapa. Sem contar que todo mundo na área sabe indicar como chegar. Esse é um dos maiores e mais antigos mercados cobertos do mundo, com mais de 5 mil lojas!

grand bazar

Tem de tudo, tudo mesmo e tem que pechinchar nas compras. Eles não são tão chatos quanto os balineses ou tailandeses, não dá pra forçar tanto a barra. Sempre dá pra baixar o preço, não deixe de pedir, tá? Pra não cair toda hora na lábia dos vendedores, uma sugestão é evitar olhar nos olhos, evitar contato visual. Assim eles não começam o conversê de vendedor e você fica um pouco mais livre.

Eu achei o Grand Bazar muito bom para comprar souvenirs típicos a bons preços e as luminárias famosas, essas:

luminária turca

Lá os preços são mais amigos, talvez por ter mais concorrência. Cerâmicas também é legal comprar lá, mas se você quer um bom tapete turco, ali não é o melhor. Depois vou falar melhor disso por aqui.

Por ali também tem muitos restaurantes, tem chá por todo o lado e você vai ver alguns senhores circulando com badejas de chá pra lá e pra cá, tem casa de câmbio e cafés. É pra passar o dia, uma vibe meio Outlet, sabe como?

Dois passeios essenciais, típicos e deliciosos pra fazer na cidade. Vale lembrar que ambos fecham aos domingos, mas nos outros dias ficam entre 8h e 19h abertos.

Outros posts sobre a Turquia:

– Turquia; dicas práticas de turismo

Posts de Istambul

– Roteiro Istambul para 2 dias de inverno

– Como são as estradas na Turquia

Ankara e o Mausoléu de Ataturk

– Capadocia: dicas práticas de turismo

- As cidades subterrâneas da Capadocia

Chaminés de Fadas e o Vale de Dervent na Capadócia

– O museu a céu aberto de Goreme

– Tudo o que você precisa saber sobre os tapetes turcos e como trazer pra casa

Show de danças turcas na Capadócia

– Museu Mevlana e os Dervixes em Konya

- Kervansaray

– Pamukkale e as piscinas de calcário

A Casa da Virgem Maria

Éfeso, a segunda maior cidade do Império Romano

– Bursa, parada estratégica com muito frio!

Cerâmicas turcas

O que comprar na Turquia

– Turquia: Sugestão de roteiro

Comentários

comments

Leave a Reply