Carta Verde, seguro obrigatório para dirigir na América do Sul

Viajar e transitar pela América do Sul é bem tranqüilo para os países do Mercosul. É realmente mais fácil tanto de avião quanto de carro ou ônibus. Como é maravilhoso não precisar de visto e nem ser super interrogada na imigração né? Bem, mas ainda assim tem algumas regras e alguns documentos necessários, nada de oba-oba não.

Eu já entrei várias vezes na Argentina de avião. Algumas vezes foi com passaporte e outras só com o RG. Assim como lá, no Uruguai e Chile também, sempre fácil. Dessa vez vou entrar de carro e claro, ainda preciso levar RG, passaporte (mais pra garantir qualquer coisa) e CNH. Além disso, para transitar por lá precisa ter um seguro especial válido para os países do Mercosul, a Carta Verde. É só um papelzinho simples com as infos do carro e do seguro pago, bem simples.

O que é:

Não precisa se preocupar, a coisa é simples e você contrata como um seguro normal de viagens. O valor é por veículo e por dias de estadia em cada país. Aí é aquilo, passar todas as infos do carro como placa, titular, chassi, ano e modelo e também seus dados completos com endereço, CNH, CPF…

A Carta Verde cobre danos materiais por veículo (o seu e ainda algum terceiro) e danos pessoais. Sim, é bom ter!

Onde fazer:

- Algumas agências bancárias ainda fazem

- Corretores de Seguro – que foi o meu caso. Achei mais fácil ligar pro meu corretor. Ele resolveu tudo, me mandou as coberturas que eu queria, escolhi e depois só veio boleto. Bem simples e nem precisei sair do trabalho pra resolver isso.

- Fronteiras – não indico muito esse, pois já me falaram que pode demorar um pouco e aí já viu né, é tempo de férias perdido.

Quanto custa:

Aí varia bem de acordo com seu tempo de viagem e países por onde vai passar. Para uma viagem de 7 dias, pode custar só R$ 87 por exemplo. A nossa vai ser de 14 dias e passando por 2 países diferentes. A opção mais básica foi de R$ 146,00/carro.

Aqui embaixo uma tabelinha:

Duração da Viagem até (em dias)
Plano A – R$
Plano BR$
3
48,00
76,00
5
69,00
112,00
7
87,00
144,00
10
112,00
189,00
15
146,00
251,00
30
216,00
378,00

Existem opções para ficar mais tempo. A Carta Verde pode valer de 3 meses a 1 ano, verifique qual é a melhor opção para uma viagem mais longa! E não esqueça de fazer pelo menos 1 mês antes da viagem, para garantir que tenha a documentação em mãos.

Mais um adendo: caso o carro não seja seu, é necessário emitir uma permissão assinada pelo dono do carro e com carimbo e liberação do consulado geral, lá em Brasília. Isso leva mais tempo então peça com antecedência. Se o dono do veículo estiver no carro não precisa de todo esse trâmite, ele pode estar apenas de passageiro (que vai ser o nosso caso porque eu não dirijo em estrada).

Pra saber mais da viagem, tem post aqui já!

Comentários

comments

3 Comments on Carta Verde, seguro obrigatório para dirigir na América do Sul

  1. Doido
    12 de novembro de 2013 at 10:20 (4 anos ago)

    São informações úteis, obrigado! Mas, por favor, nunca deixe publicamente na Internet um documento com seu nome completo, CPF, CEP e modelo de carro claramente visíveis! Tem muito babaca no mundo que pode usar essa informação pra te prejudicar no futuro..

    Responder
  2. Joana
    27 de novembro de 2014 at 15:21 (3 anos ago)

    Boa tarde! Será que me podem ajudar? Sou portuguesa, estou trabalhando no Brasil durante uns meses e vou viajar em Dezembro pelo Uruguai, Argentina e (talvez) Chile. O problema é que queria alugar um carro mas não tenho como tirar a carteira internacional de condução por não estar em Portugal.. Já souberam de alguém com o mesmo problema? Será mesmo obrigatório para nós?
    Obrigada :)

    Responder
    • Anna
      Anna
      28 de novembro de 2014 at 8:26 (3 anos ago)

      Olá Joana.

      Olha, eu sou brasileira, então não sei como funciona pra quem não é daqui.
      De qualquer forma, eu fui pra lá sem carteira internacional, apenas com a minha normal aqui do Brasil. Porém como há um acordo entre esses países, o Mercosul, não sei se é por isso que não precisamos da internacional pra viajar.
      Acho que o ideal é você entrar em contato com o Consulado (argentino e uruguaio) pra ter certeza do que você precisa levar e não ter nenhuma surpresa na viagem
      Realmente não sei te dizer como funciona pra quem não é daqui.

      Até mais!

      Responder

Leave a Reply