Centro Histórico de Cartagena

Cartagena… ahhh Cartagena de Índias. Quando fomos pra Colômbia, meio que não sabia o que esperar. Mesmo buscando informações com amigos que estiveram por lá, não imaginava que seria como era.

Pra começar, chegamos a noite na cidade que fica beeeem ao norte do país, perto de Barranquilla – cidade de Shakira. Primeiro quase morremos com o taxista maluco que nos levou do aeroporto ao hotel, mas já durante o trajeto deu pra perceber o potencial da cidade. Só pra constar, no aeroporto você pega aqueles táxis com preço pré-estabelecido pela empresa. Nós estávamos hospedadas no Centro Getsmani, ao lado do centro histórico, e a corrida saiu R$ 9, muito barato.

O lugar é muito quente, MUITO. Pra você ter uma idéia, lá estava fazendo 38° e estava muito abafado, além de ser inverno (eles consideram inverno apesar de estarem além da linha dos trópicos). Me diz, trinta e oito graus = inverno? Imagina no verão! Eu já estava sofrendo muito lá assim.

Enfim, chegamos no hostel, deixamos as malas, trocamos de roupa e fomos dar uma volta conhecer a cidade e jantar. Gente, que lindinha! A região que ficamos não é super linda, mas é tranquila. O Centro Getsmani fica logo do lado do incrível centro histórico, e dá pra fazer tudo a pé e se perder por ali.

Na entrada do centro histórico você já encontra a Torre Relógio, muito bonita a noite toda iluminada. De dia achei que perdeu a graça. Assim que passar por ela, chega na Plaza de Coches, com várias “carruagens” pra levar os turistas pelas ruas estreitas do lugar.

Ainda ali tem algumas casas de câmbio, casas de salsa e vendedores ambulantes. Os prédios são todos meio velhos e mal cuidados ali, mas ainda assim são coloridos e charmosos.

Indo para o lado esquerdo da praça, você chega na Plaza de La Aduana e por ali tem o Hard Rock Café – que vou falar mais pra frente – e o Museu de Arte Moderna de Cartagena. Olha, eu sempre vou em museus e tal, e como tínhamos tempo, fomos visitar este. Minha dica: não vale a pena. Pagamos R$ 6 para ver um monte de quadro feio e esquisito em uma galeria pequena. Não recomendo a visita.

Logo ali você vai ver uma Catedral De San Pedro Claver que só vimos de fora porque custava o absurdo de R$ 11 para entrar. Já comentei uma vez aqui no blog que eu acho um absurdo igreja cobrar pra fazer visita. Mas enfim, não vou entrar neste mérito. Se alguém visitar, me conta como é por dentro.

Aí na verdade é só se perder nas ruazinhas. Nós andamos literalmente por todas, fomos, voltamos, fomos de volta, viramos, rodamos, andamos muito e cada hora era uma surpresa colorida.

Um lugar bem bonito, principalmente a noite, é a Catedral. Tentamos entrar um dia e estava fechada. No outro entramos e fomos expulsas pelo coroinha, mas digo: é meio palha por dentro, nada demais.

Por lá tem muita loja bacana, a maioria de roupa de banho – por que será? – e muitos restaurantes bacanérrimos. Opção pra comer é o que não falta, fique tranquilo. Mais para o outro lado do centro, você encontra a Universidade de Cartagena, que tem uma arquitetura interessante mas a pintura externa é algo medonho (não dá pra ver na foto o quão medonho era).

Mais pra frente tem a Plaza San Diego e a Plaza Fernandez, super bacaninha, bem delícia pra sentar, tomar uma cerveja, descansar e observar turistas e colombianos. Inclusive tem a Cervezaria Zorba, no mínimo engraçado.

Se você quiser ir em museus legais, sugiro 2:

1. Museu Tierra Magna – fica na Plaza de Santo Domingo ao lado da Igreja de mesmo nome e é gratuito. Tinha uma exposição bem bacana de capas de cds do mundo, inclusive vários brasileiros.

2. Museu Naval do Caribe – próximo a Plaza de Santa Teresa. Esse é pago, R$ 7, porém é bem bacana. Ele é simples, mas conta toda a história da conquista de Cartagena e todas as guerras que o lugar enfrentou. O segundo andar tem algumas maquetes de caravelas e utensílios de guerra.

O centro histórico de Cartagena tem muito a oferecer, muito restaurante, muita loja, muito show de rua, muitas cores. Dá pra passar uns 3 dias andando por lá e ainda assim não ver tudo. O mais legal é passear como quem não quer nada e descobrir cada rua do lugar!

Comentários

comments

1 Comment on Centro Histórico de Cartagena

  1. firewalls
    7 de julho de 2014 at 8:19 (4 anos ago)

    Nowadays, mainframe monitors occur drove a wedge between in CRT along with
    LCD overseer. CRT scrutinize transpires equipped with a CRT overseer look plus consider reminiscent of the SMALL SCREEN.
    It’s central hindrances are the consequence and
    also sizing. Lately, ended up being in effect
    obliged out from the advantaged (except for in a few zastosowanimi with the
    aim of however graft improve) in lieu of LCD screen, which is lasted name
    to the fruit juice rock panel, which exchanged the been acquainted with CRT
    image tv. The price for the less significant sizing in the badge is normally subordinate reflection high quality.

    Responder

Leave a Reply