Dicas básicas da Itália: o que você precisa saber antes de ir

Mesmo depois de anos sem ir a Itália, mas já tendo morado lá, muita gente pede dicas do país até hoje, seja por aqui ou pessoalmente. Ainda não tinha feito um post de dicas básicas da Itália e acho importante sempre comentar alguns detalhes com as pessoas. Nada alarmante, mas é bom saber algumas coisinhas antes de ir.

NÃO DÁ PRA CONHECER TUDO EM 1 VIAGEM

Definitivamente, não dá. Quando eu fazia roteiros personalizados, recebia sempre pedido de viagem de 15 dias e passando por 789 cidades. Assim, o país é pequeno sim, ainda mais se comparado ao Brasil, mas gente, não dá pra fazer milagre.

De Milão pra Roma não são 15 minutos de trem. São de 3h a 5h (dependendo do tipo de trem que você pegar). Não subestime o “cidades menores” para querer fazer cada uma em um dia. Roma merece mínimo 5 dias só pro básico, correndo muito e torcendo pra não pegar muita fila nos pontos.

dicas italia

NÃO FALAM INGLÊS

Esse é outro detalhe que a gente tem mania de criticar no Brasil, que “ai, aqui ninguém fala inglês e mimimi”. Então deixa eu te contar que na Itália também não. Claro que, nos lugares e pontos mais turistões, eles falam inglês. Inglês daquele jeitinho italiano: um sotaque forte, as vezes difícil de entender e probabilidade de ficarem meio putos se você não entender, haha.

Em faculdades, os professores falam bem de forma geral, mas não espere a tia da cantina, o vendedor de pizza da esquina e nem o atendente do metrô. Vida real, eles não são obrigados a falar inglês porque você não fala italiano.

A sorte é que o italiano não é tão diferente do português e acho que dá pra entender bastante coisa com o mínimo de esforço. E sim, tem bastante brasileiro lá, bem capaz de achar alguém pra dar uma ajuda, hehe.

VERÃO E FERRAGOSTO

No frio, bastante frio, mas nada como Inglaterra. Agora, no verão… amigo, faz muito calor mesmo. Pior que aqui, mais pesado e muito, muito mesmo!

Falando em verão, em agosto são as férias de verão. E assim como janeiro aqui pra nós, as cidades grandes dão uma morrida. Todo mundo viaja, aproveita, as cidades litorâneas estarão todas lotadíssimas e mais caras, e as cidades business bem vazias. Alguns estabelecimentos fecham e é difícil resolver algumas coisas nessa época. Talvez não seja o melhor mês pra turistar na verdade.

dicas italia

APERITIVO

Melhor coisa que a Itália inventou sempre achei! Lá eles tem esse “sistema” de aperitivo pro happy hour. São centenas de lugares, em todas as cidades, em que você paga pelos drinks e come livre. Tá, não é um jantar né, mas tem geralmente um pequeno buffet de aperitivos, pratos de massa fria, bolachinhas, etc. Isso tudo você consome quanto e como quiser, basta comprar um drink.

Os preços variam super. Variam com os preços das bebidas e claro, de lugar pra lugar, de cidade pra cidade. Em geral, em Milão variam de 10-15 euros. É super interessante, a gente aproveitava muito isso e os estabelecimentos sempre cheios.

COMIDA TO GO

Lá é hiper comum você ir ao balcão, pedir comida e levar pra comer na rua mesmo. Perto de faculdade então… ih, só tem isso basicamente. Aquela imagem de filme de pessoas comendo fatias de pizza na rua, na calçada, caminhando é sim bem comum.

pizza italia

Aliás, em vários lugares, se você sentar pra comer, paga a mais. Então dá uma olhada no cardápio, dá uma perguntada pra não se assustar com a conta no final achando que cobraram errado.

TUDO SEPARADO E INDIVIDUAL

Ainda sobre a comida, lá é bem diferente daqui, que vem tudo misturado. Na real mesmo, só no Brasil mesmo que vem tudo misturadão, arroz + carne + batata + salada. Lá você paga tudo separado. Quer massa com carne? Vai pagar o prato de massa e o prato de carne.

penne

Exemplo nos cardápios: primo piatto, sempre massa; secondo piatto, sempre carne; contorno, acompanhamento (ai paga-se por cada acompanhamento que quiser). Aí você vai montando o seu almoço/jantar. E sim, tudo individual. Porém é claro que dependendo do lugar, a porção é bem farta, então rola pegar o primo + secondo + contorno e dividir em 2. Algo super comum perto das faculdades.

Entenda aqui mais sobre as massas italianas, seus nomes e diferenças.

ÁGUA GRATUITA

Tenha sempre uma garrafinha de água em mãos. Em diversos pontos você encontra bicas e fontes de água limpa para beber. Alguns são bebedouros, e você pode tomar também.

VALIDE O BILHETE, SENÃO MULTA!

Isso é importantíssimo antes de viajar de trem pela Itália. Quando a gente compra um bilhete de trem, ele não vem nomeado nem nada. Só consta o dia, horário, destino daquele trem. Antes de subir nos trens, você encontra uma maquininha na frente de cada um praticamente. É totalmente necessário colocar o bilhete ali para que seja carimbado com data/dia. Para entrar no trem não precisa mostrar o bilhete pra ninguém, e por isso podem ter furos.

Isso é controlado lá dentro. Em 98% das vezes que andei de trem pelo país, passou um fiscal da companhia conferindo se os bilhetes estavam validados. E meu amigo, se não estiver, você será maravilhosamente multado. Então por favor, valide seu bilhete!

dicas italiaFoto @trip_or_two

CUIDADO AO COMPRAR BILHETE NO METRÔ

Isso é um troço super chato por lá, e muito pega-turista. É super fácil comprar bilhetes nas maquininhas do metrô. Tem opção de várias linguas e é realmente tranquilo. Porém quando a gente chega e é tudo novo, tem que aprender a usar a máquina e nos perdemos, demoramos mais. Ai vem os ciganos/imigrantes/trombadinhas (ou qualquer tipo de nome que você queira usar) e colam na máquina do seu lado pra “te ajudar” a comprar. De fato, eles até ajudam sim, fazem o caminho da compra pra você, mas o problema é que quando cai o troco da máquina, eles roubam.

Infelizmente isso é MUITO comum mesmo, principalmente nas cidades maiores. Então quando eles aparecerem pra “ajudar”, já vai logo mandando um “no, grazie, grazie, ciao” e fecha bem a área da máquina. Aí eles saem.

metro italia

DOCUMENTAÇÃO PARA DIRIGIR

Na hora de locar um carro, eles exigem apenas a CNH. Quando loquei foi assim, bem simples. Por sorte, não fomos parados em nenhum momento do trajeto, pois, na verdade, precisa do documento internacional pra dirigir por lá!

Pra locadora está ok esse documento que mostra que você está apto pra dirigir. MAS, se você for parado, precisa estar com a CNH e com o PID (permissão internacional para dirigir). Claro, mais um documentinho pra gente gastar, hehe.

dicas italia

ZONA DE TRÁFEGO

Ainda sobre o assunto carro, lembre que nos centros há uma zona específica de tráfego. Eles tentam evitar que haja muito carro em áreas turísticas/movimentadas, e para dirigir ali é necessário uma permissão especial mediante pagamento de taxas extras. Verifique se locou um carro com permissão ou não, e cuidado, porque dá multa e ela chega na sua casinha aqui sim, vide post #fail de quando locamos carro lá.

COMPRE INGRESSOS ANTECIPADAMENTE

A Itália é o país dos sonhos do mundo todo. Tem gente de tudo que é lado, tem muito turista sim, algo que nós não estamos nem perto de conseguir entender o que é viver em cidades lotadas de visitantes. E sim, os pontos turísticos são cheios sempre.

A coisa boa é que dá pra comprar ingresso antecipado pela internet de praticamente tudo! É sempre uma escolha fantástica, porque você chega lá e fura a fila. Quer dizer, você não fica na fila da bilheteria, que é a mais lenta. É chegar e entrar. Verifique tudo antes e pode comprar com segurança. Vai dar certo!

dicas italia

Comentários

comments

Leave a Reply