Dolores e Mercedes, duas cidades bonitinhas no Uruguai

Saímos do mega hotel em Durazno, aquele no meio da estrada, para pegar mais estrada. A viagem não era muito longa, cerca de 2h até a próxima parada. Aliás, duas paradas, pois conhecemos Dolores e Mercedes no mesmo dia. Sim, são pequenininhas assim. Nosso destino para a noite era Dolores, mas Mercedes ficava no caminho e já aproveitamos né? São cerca de 30k entre uma e outra, então não tivemos que fazer muito desvio.

Mercedes é capital do departamento de Soriano e na realidade é um bom destino pra quem quer pescar, pois por ali passa o Rio Negro. Turisticamente falando, não tem muito além de caminhar tranquilo pela cidade, passear pelo calçadão e ué, por que não, pescar um pouco?

mercedes

mercedes

Quando fomos a cidade estava super parada e vazia (dia 01/01 né) e foi muito fácil dirigir por lá, mas ao mesmo tempo não pude ver como funciona a cidade no dia-a-dia.

mercedes

De Mercedes pegamos a estrada novamente e seguimos para Dolores. Lá também estava vazio, ninguém na rua, parecia cidade fantasma. Éramos só nós e a cidade com suas casas antiquíssimas.

dolores

dolores, uruguaiDei um pulo ali, na Catedral.

Dolores também é costeada pelo Rio Negro e o pessoal se reúne lá para aproveitar o calor e se refrescar. Na real, quando chegamos nessa região percebemos que toda a cidade estava lá!

As duas cidades eram nossas! Pudemos passear numa boa, fotografar tudo como queríamos, ficar no meio da rua, e dirigir de ré (mentira, nem fizemos isso… mas poderíamos haha). Foi um dia ótimo, sem pressão de trânsito, sem leis, sem horários. E depois o calorzão chamou pra piscina do hotel, que foi – já adiantando o próximo post da viagem – eleita por nós mesmos como a MELHOR PISCINA DA VIAGEM. Por hora, cuidate!

Comentários

comments

Leave a Reply