Durazno, a cidadezinha com nome de fruta

Depois de sair dos balneários ali na região de Punta del Diablo, planejamos seguir direto para Durazno, no centro do Uruguai, para desviar do movimento intenso de Punta del Este. Porém tínhamos planejado pegar a Ruta 14 porque ela era mais direta e consequentemente, mais rápida, mas quando pedimos indicações a locais antes de partir, descobrimos que esta era uma rota de estrada de terra, mais pra caminhões até s fazendas.

Tivemos que reprogramar a rota e pegamos a continuação da Ruta 9 mesmo, passando por Punta del Este e Montevideu. A coisa boa foi que a estrada era boa e rápida e pudemos adicionar Montevideu no roteiro. Eu já conhecia, mas meu namorado não e isso foi ótimo. Como saímos cedinho de Aguas Dulces, chegamos por volta de 10h30 ali e pudemos passear, almoçar e então seguir a Durazno.

A cidade é super pequena e escolhemos passar o ano novo lá, em um hotel incrível que encontramos (amanhã falo tudo sobre ele). Confesso que não tem muito o que fazer por lá, mas prefiro visitar uma cidade histórica e tranquila como essa do que uma praia que não tem absolutamente nada.

Durazno é de 1822, e o nome significa pêssego em espanhol e é devido a um solitário pessegueiro, que crescia no local da atual cidade. São cerca de 60 mil habitantes ali.

durazno

A principal atração da cidade é o rio Yí, que para eles acaba sendo a praia. Tem uma grande extensão e o pessoal aproveita para relaxar, fazer piqueniques, tomar banho de rio. É o passeio de fim de semana, e com o calor que estava, era a única forma de se refrescar!

durazno

O centrinho, na Plaza Independencia abriga prédios históricos em seu entorno, como o departamento de polícia, uma escola e a igreja principal. Ali também tem um museu sobre o General Rivera, importante ícone uruguaio, que parece ser bem interessante, porém quando fomos estava fechado.

Nessa praça acontece uma pequena feirinha e na ruas próximas há bastante comércio. É a típica cidade pra por no meio do roteiro para descansar da estrada. Isso que vocês nem viram O hotel que achamos lá. Uma palavra define: perfeito! Amanhã conto dele aqui.

Ah, e foi em Durazno que conseguimos a refeição mais barata do planeta. Na noite de ano novo estava tudo fechado, o hotel não teria ceia e precisávamos comer. Pois bem, a atendente do hotel conseguiu um pizzeria que vendia pizza em metro. Na hora não entendi bem e pedimos dois sabores, mussarela e palmito. E ela falou no telefone com o delivery “uno, uno”. Ok, custou 280 pesos, R$ 30 e estava mais do que ótimo para um jantar.

Chegamos na pizzeria e simplesmente não parava de sair pizza do forno. Eram DOIS METROS de pizza, e isso é muito! É tão muito que deu para duas pessoas comerem 4 refeições. Ah sim, porque era tanta comida que levamos conosco e comemos na parada seguinte, economia né, além de que não gosto de jogar comida fora. No fim gastamos R$ 3,75/refeição com ela. E a pizza era de fato muito boa! Agora… o nome da pizzeria, jamais vou lembrar, sorry gente.

pizza duraznoPara levar também não é em caixa de pizza normal. As pizzas foram colocadas em pedaços em pratos de isopor. No caso, foram 4 pratos, cada um com duas camadas de pizza. Tudo isso bem embalado com plásticos, para não sujar nada.

Comentários

comments

4 Comments on Durazno, a cidadezinha com nome de fruta

  1. Avatar
    Nivas
    12 de março de 2015 at 15:08 (5 anos ago)

    Estava aqui procurando pontos turísticos nessa cidadezinha, mas pelo visto não te nada mesmo, haha. Mesmo assim é sempre interessante conhecer esses lugares “normais”.

    Responder
    • Anna
      Anna
      13 de março de 2015 at 9:11 (5 anos ago)

      Pois é, tem muito não.
      Mas ela é gracinha o povo é bacana e o hotel é fantástico!!

      Responder
  2. Avatar
    Rogerio
    14 de janeiro de 2016 at 9:57 (4 anos ago)

    Olá Anna! Qual é o hotel fantástico em Durazno? (Não encontrei o outro post sobre o hotel). Obrigado

    Responder

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.