Entenda suas passagens

Este post é bem básico mas vai ser muito útil para algumas pessoas. Vou mostrar o que significa cada coisa no seu bilhete aéreo ou de trem e principalmente o quê você deve usar para pedir suas milhas caso as companhias fiquem embaçando e/ou o pedido no check-in não dê certo – porque isso é muito comum, apesar de que não deveria ser.

Ticket Aéreo

Neste bilhete é importante você localizar o horário de embarque, o horário do voo, o portão – e fique atento, pois eles podem mudar essa informação – e seu assento.

Acho engraçado que eles são tão rígidos com os bilhetes e não sei o quê, mas já vi meu nome escrito errado várias vezes nos tickets. Eu poderia muito bem estar burlando o sistema não? Isso é uma curiosidade que eu acho. Volta e meia meu nome aparece com um N só e até já virei a Sra. Marmnelli!

Tirando as informações principais pra você, tem um monte de coisinhas nas passagens internacionais, como valores de taxas e códigos internos que só servem pra confundir a gente. Antigamente era mais comum comprar passagens aéreas que vinham em um bloquinho com 45 cópias da passagem e era cheio de informações que ninguém entendia, tipo essa aqui debaixo:

Acho que as companhias se conscientizaram com esse gasto de papel aí. Ok que tem o fator sistema eletrônico também, mas essa minha aí com cara de velhona é de 2007, ou seja, não é tão velha assim. Achei bem confuso quando fui mudar a data da passagem também. A companhia imprimiu outro papel confuso, grampeou nessa passagem já confusa, carimbou, riscou… confusão total.

Ah, importante saber ler esses códigos de horário e dia que as agências mandam e não facilitam a vida de ninguém.

Traduzindo:

AZ e JJ são os códigos das companhias. No caso AZ = Alitalia e JJ = TAM. Os primeiros números (676 e 3337) são os números dos voos. A classe são as letras Y e S – que pouco importa também, é só pra você lembrar que pagou pelo lugar mais do fundão e barateza possível.

19 e 20 de Julho são relativos às datas dos voos. Em seguida vem a sigla dos aeroportos, sendo MXPGRU o trecho de Malpensa para Guarulhos e GRUCWB o trecho Guraulhos para Curitiba.

Em seguida tem dois códigos que não faço idéia do que sejam e assim sendo, não me interessam e nem deviam aparecer ali e os últimos números são os horários de saída e chegada, o primeiro voo sai as 23h50 e chega as 6h40. O segundo voo sai as 17h50 e chega as 18h45 no destino final.

É só ter paciência pra ler isso aí na verdade. O que você precisa saber mesmo são os dias e horários pra não perder voos.

IMPORTANTE

Outra coisa muito importante é guardar o ticket que fica com você como se fosse a coisa mais importante da sua vida por pelo menos uns 3 meses, principalmente se quiser trocar as milhas. Acredite, eles são essenciais e são a prova de que você viajou naquele dia, naquela hora, naquele voo. Se suas milhas não forem creditadas já no check-in (verifique assim que chegar de sua viagem na sua conta on-line), isso é o que vai te salvar. Com certeza vai ter que brigar muito com a companhia, mas pelo menos você tem como provar. Só jogue fora quando os pontos aparecem na sua conta. Experiência própria.

São todos bem parecidos e o número que precisa usar é esse que assinalei pra vocês.

Aliás, veja como os tickets das companhias baratinhas é bem mais simples e fácil. O da Ryanair tem só o que interessa e fim! Muito mais fácil né? Como não tem assento marcado, é pelo menos uma informação a menos, bem como o número do ticket, já que não possui cartão fidelidade.

Aliás, não sei porque colocam trocentas informações nesse mini papel. Por exemplo? “Proibido fumar”. É tão óbvio isso, só geram confusão. Bem como classe e mil códigos de operadora e etc… Vide Ryanair, é possível se desprender disso tudo.

Ticket de Trem

Os bilhetes de trem são bem parecidos com os aéreos e tem várias informações úteis pra você. O mais importante é estar atento ao horário de saída – normalmente tem o de chegada, mas isso pode variar conforme as paradas do trem -, a plataforma, que é de onde sai o trem e isso pode mudar como nos aeroportos, é só verificar nos painéis gigantes das estações.

Esse que usei na Bélgica era diferente porque compramos um que dava direito a 10 viagens. Aí você colocava o local de saída e de chegada e o dia da viagem. Ele tinha uma validade x e sempre passavam guardas para verificar se tinhamos escrito mesmo.

Ah, esses bilhetes de trem sempre mostram o valor ali embaixo.

Os italianos normalmente tem todas as informações. Este aqui debaixo não mostrou os horários de saída e chegada e como não comprei lugar marcado, também não tinha esta info. De qualquer forma sinalizei pra vocês onde ficari estes dados.

Acho importante reforçar que os bilhetes precisam ser validados antes se serem usados! Quando você compra, ele tem um prazo de uns 2 meses para ser usado, mas ele só vale MESMO se você carimbar na maquinhinha. Os italianos são assim e é isso que os guardas observam no bilhetes. Bilhete na data certa e não validado não serve e dá multa. Não quero ninguém aqui levando multa hein??

Os bilhetes portugueses são mais comedidos e econômicos. Bem mais simples e fáceis de guardar e entender. Também não precisam ser validados, mas ele tem a data de ida então não dá pra comprar hoje e usar em qualquer dia, a data é fixa já. Cuidado com isso.

Agora ficou mais fácil de entender tudo das passagens né? Apesar de ter tudo escrito é bem comum os portões de embarque e plataformas mudarem, tanto de horário quanto o local de saída. Verifique constantemente os telões, eles estão sempre atualizados e assim você não erra o trem e nem perde horários.

* Sei que as fotos não ficaram muito boas, mas além de que as passagens estavam todas coladas nos meus scrapbooks e não dava pra scannerar, chego bem tarde em casa, e já não tem luz boa pra fotografar!

Comentários

comments

2 Comments on Entenda suas passagens

  1. Avatar
    Mariana
    6 de abril de 2011 at 14:05 (8 anos ago)

    o bom é que ainda quando é inglês, francês, italiano, alemão a gente se vira e entende um pouquinho.
    uma vez peguei uma passagem de ônibus em húngaro!
    sensacional.
    só conseguia diferenciar números de letras.
    tá. exagero. até que dá pra deduzir um pouco, pelo menos nas coisas óbvias.
    já pensou então na china, japão, nos países árabes.
    ok. as grandes cias, avião e trem sempre tem em inglês tb, mas ônibus nem sempre tem.

    Responder
  2. Avatar
    Bruno
    8 de abril de 2011 at 13:11 (8 anos ago)

    Achei fofinho te chamarem de Marmnelli. Ficou engraçadinho.

    Responder

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.