Meu primeiro Frank Gehry: Dancing House em Praga

Há quem ame.

Há quem odeie.

Há quem nunca tenha ouvido falar de Frank Gehry.

Mas uma coisa é unânime: suas obras despertam o interesse e a curiosidade de todos.

Meu primeiro Frank Gehry foi o Tančící dům, em Praga, na República Tcheca. Em inglês, Dancing House. A Casa Dançante foi primeiramente denominada Fred and Ginger, em homenagem ao casal de dançarinos norte-americanos Fred Astaire e Ginger Rogers. Aí você deve estar se perguntando o que um casal norte americano tem a ver com a obra de um arquiteto canadense na República Tcheca. Pois é, não tenho a menor ideia. Na verdade, minha teoria sobre Frank Gehry é que ele inventa as coisas loucas e depois tenta dar um sentido. Não que não tenha sentido antes disso, mas eu gosto de pensar assim. Não estou criticando o cara, sou admiradora dos trabalhos malucos que ele faz.

Mas chega de enrolação e vamos ao que interessa: à também apelidada Drunk House.

Frank Gehry dancing house Praga

O edifício da direita seria Fred e o da esquerda, Ginger. Percebam como ele está conduzindo a dança, puxando a moça com seu vestido rodado. Os pilares seriam os pézinhos e aparecem várias vezes porque o movimento de puxada dele foi rápido, assim tipo desenho animado quando mostram o personagem correndo com vários pés. A estrutura de vidro de Ginger simboliza a leveza do vestido. Sem contar a sensualidade dos corpos coladinhos. Gente, essa obra é muito boa e, além disso, permanece em harmonia com o resto da arquitetura de Praga.

Frank Gehry Praga dancing house Frank Gehry Praga casa dançante

Embaixo do vestido:

Frank Gehry Praga obra

No alto do edifício existe um restaurante francês com vistas de Praga de tirar o folêgo, daí eu resolvi almoçar lá no domingo, mas quando cheguei estava fechado. Na hora eu fiquei decepcionada, pois queria muito ver a obra por dentro, mas é isso que acontece quando a gente não pesquisa direito antes de ir :(

De qualquer forma, um restaurante francês, num edifício tcheco homenageando dançarinos americanos é uma loucura igual Frank Gehry mesmo. Não tenho mais dúvidas.

Comentários

comments

Leave a Reply