Parque Histórico de Carambeí

Para quem estiver procurando um passeio família para um final de semana, anota aí: Parque Histórico de Carambeí. Desde que fiquei sabendo da abertura do parque, fiquei com vontade de ir e no Dia das Mães aproveitei para levar a minha mãe conhecer o parque. Localizado no Município de Carambeí, a 140km de Curitiba, é uma boa opção de passeio bate-volta.

Parque Histórico de Carambeí

O Parque Histórico de Carambeí foi construído para resgatar a história da colonização holandesa na cidade. Como não manjo muito de história, aviso que quem se interessar pode pesquisar no site oficial que explica tudo bem certinho. Vou falar mais sobre o passeio em si.

O parque é dividido em 5 alas, conforme planta abaixo:

Parque Histórico de Carambeí(Imagem: divulgação)

Eu visitei as alas 01 e 02; as alas 03 e 04 abrem em ocasiões especiais e a ala 05 está em construção.

Parque Histórico de Carambeí

A Casa da Memória é uma fofura. Em um dos galpões do parque eles reproduziram as fachadas e partes das primeiras casas, escolas e armazéns que surgiram na região. Além disso, tem vários objetos antigos de decoração no local. É tudo muito bonito e bem organizado. Ali existe também uma maquete de como era a vila na época da colonização. Essa maquete foi reproduzida em tamanho real na Ala 02, que vou falar a seguir.

Maquete Carambeí

Ainda na Ala 01, existe um museu de tratores de várias marcas, mas é bem pequeno. Esse trator do meio era o mais antigo que tinha lá, mas agora não lembro o ano.

A visitação nessa ala do parque é gratuita e fiquei impressionada com o cuidado em todos os detalhes e a boa conservação das coisas.

Parque Histórico de Carambeí

A Vila Histórica é, sem dúvidas, a parte mais legal do passeio. O ingresso para visitação custa R$ 15 e estudante paga meia entrada. Quando for comprar o ingresso, solicite o acompanhamento de um guia, ele vai te esperar na entrada e durante o passeio vai te contar um pouco mais da história de como a cidade surgiu e explicar sobre a construção da vila, que foi reproduzida de acordo com os arquivos de época.

Deixa eu falar para vocês que entrar naquela vila é praticamente uma viagem no tempo. Ainda que eu não tenha a menor noção de como seria viver naquela época, a sensação foi muito boa! Não tem como não soltar uns comentários tipo “olha, igual era na casa da minha vó”.

Para o meu azar e para estimular a vontade de vocês conhecerem o parque, acabou a bateria da minha câmera logo que entrei na vila e o meu celular estava com 11% de bateria, então não pude tirar muitas fotos, mas já dá para ter uma ideia de como as coisas são por lá.

Cada edificação abriga um pouco de história. Algumas reproduzem fielmente os espaços internos da época e outras funcionam como museus, contando sobre os processos de produção ou armazenando utensílios usados nos matadouros, marcenarias, ferrarias…

Vila Histórica Carambeí

O mais legal dessa vila é que tudo que tem lá é de verdade e funciona! Tudo mesmo! Inclusive, o guia nos falou que quando tem alguma festa, as pessoas vão vestidas com roupas típicas holandesas e passam o dia todo na vila, como se vivessem lá. Tem missa na igrejinha, as mulheres fazem bolachas e os homens usam a marcenaria para produzir pequenos bancos e mesas. Deve ser muito legal. Não vejo a hora que divulguem a próxima festa! Já vou me planejar para ir também.

Além disso tudo, o Parque Histórico de Carambeí ainda tem um café cheio de coisas deliciosas e uma lojinha de souvenir.

O parque funciona de terça a domingo das 11h às 18h.

Recomendo a visitação no final da tarde, porque fica tudo mais bonito ;)

Comentários

comments

4 Comments on Parque Histórico de Carambeí

    • Mariana
      Mariana
      21 de maio de 2014 at 17:26 (4 anos ago)

      Que legal, Fernanda!
      Eu adoro visitar essas cidades que mantém as tradições assim. São sempre tão fofinhas, né?!
      Vou ver se visito essa quando passar aí por perto ;)

      Responder
  1. Graziella
    13 de agosto de 2014 at 9:20 (3 anos ago)

    Que lugar lindo! Tão pertinho aqui de Curitiba e eu ainda não conheço!
    Parabéns pelo blog, estou adorando os posts!!
    Abraços

    Responder
    • Mariana
      Mariana
      13 de agosto de 2014 at 9:30 (3 anos ago)

      Que bom que está gostando dos posts, Graziella!
      E sugiro que vá conhecer esse lugar. É muito bonito e encantador. Eu gostei muito MESMO.
      Tenho certeza que você vai gostar também :)

      Responder

Leave a Reply