Quanto Custa viajar para Buenos Aires

Nesta categoria colocamos apenas uma base de preços, podendo estes variarem de acordo com o ano, tipo de viagem e preferências pessoais de cada viajante.

————— x —————

Ano da última viagem: janeiro 2014

Na verdade já fui várias vezes a Buenos Aires, no verão, no frio, já fiquei em hotel, hostel e casa de amigos. Então vou fazer um cálculo geral baseado em todas as minhas idas pra lá.

Origem e destino: Dolores – Buenos Aires – Córdoba

Estou colocando aqui o trajeto que fiz na última viagem, que foi de carro no fim do ano. Mas geralmente meu trecho é Curitiba – Buenos – Curitiba.

Dias de estada: 4 dias

Para visitar Buenos Aires reserve no mínimo 3 dias, isso apenas para o básico turístico da cidade. Se quiser fazer passeios fora como o zoológico de Lujan ou San Isidro, é preciso adicionar mais dias. O ideal mesmo, seriam 5-6 dias, para viajar tranquilo e aproveitar bem a cidade

Tipo de viagem: econômica

Seguro de viagem: R$ 73 (esse é um dos itens mais importantes de qualquer viagem. Não fazer seguro é o tipo de economia que não vale a pena)

Na última viagem, nosso seguro foi diferente pois entramos de carro via Uruguai. Neste caso é preciso fazer o seguro Carta Verde. Ele é imprescindível para poder dirigir nos países do Mercosul.

Caso vá de avião, faça um seguro viagem comum. Os preços variam conforme o tempo de estadia e de empresa para empresa.

Passagens aéreas: R$ 900,00

Para Buenos Aires é muito difícil dar um valor de passagem, pois vira e mexe surgem promoções pra lá, e além disso, saindo de Curitiba tem muitos pacotes super vantajosos que lindam hotel + passagem + passeio por preços realmente muito bons.

Das últimas vezes que fui, paguei entre R$ 550 e R$ 900 nas passagens, já incluindo as taxas.

Pra quem vai de carro como eu fiz também, você precisa obviamente contabilizar a gasolina – e isso vai variar demais pois além das oscilações no preço da mesma, depende de onde está vindo – e na entrada da fronteira é preciso pagar um pedágio de cerca de R$ 70.

Hospedagem: R$ 350,00

Como falei acima, saindo de Curitiba tem muitos bons bloqueios de passagem com hotel e vale muito a pena pegá-los. A coisa boa é não precisar ficar atrás de lugar pra ficar e pegar bons hotéis. Das 5x que fui pra lá, 3 foram nesse esquema, 1 foi de carro ficando em casa de amigos e a outra em um ótimo hostel.

Alimentação: R$ 280,00

A coisa boa de Buenos Aires é que tem muitos bons lugares para comer. Restaurantes de todos os tipos e preços, lanchonetes, choripa (pão com linguiça), bons sorvetes, alfajores, boas confeitarias e empanadas.

Aqui fiz uma média com 2 refeições em restaurantes melhores (cerca de R$ 55 a refeição), 2 sorvetes, alguns alfajores e outras refeições em lugares medianos (cerca de R$ 20-25). Também contabilizei uma ida no Café Tortoni. O fato é que não tem como passar fome em Bue.

quanto custa buenos airesFoto do La Cabrera, um dos meus preferidos!

Transporte: aproximadamente R$ 240,00

Buenos tem metrô e é bem fácil de usar, mas os táxis também são uma boa opção. Não é caro e a noite acaba sendo melhor. Aqui também contabilizei a ida e volta pro aeroporto de táxi, 2 táxis a noite e 4 dias usando bilhete de metrô.

No caso do metrô não contabilizei cada viagem. Os preços subiram recentemente, e calculei aqui mais ou menos 4,5 bilhetes por dia.

Se for de carro prepare-se, pois a gasolina está bem cara e ainda tem os gastos de estacionamento, pois é difícil parar nas ruas.

Passeios: R$ 280,00 a R$ 300,00

Muitos dos passeios são ao ar livre. Há muitos parques, a feirinha de San Telmo aos domingos, parques e praças. O que precisa pagar são os museus e um show de tango, que você não pode perder quando estiver lá.

Aqui contabilizei o Malba, o museu Fragata e o show no Piazzolla. Tem vários museus para visitar, depende da sua vontade. O mais caro dos passeios será, sem dúvida, o show de tango com jantar, e isso varia de casa para casa.

Compras: R$ 250

Foi-se o tempo que Buenos Aires era “O” point de compras para brasileiros. Com a atual inflação já não é mais assim. Pode contar aqui compras de alfajor (porque aaaahhh você vai comprar) e um ou outro souvenir e alguma coisinha da freirinha de San Telmo. Aliás, se você gostar de antiguidades, aumente o valor, pois na feira tem muita coisa bacana pra comprar e são bem mais caras.

Não contabilizei aqui, mas quando eu vou gasto em sapato de tango. Mas como eu sou provavelmente a única aqui que gasta com isso, nem vale somar na sua conta.

Total médio da minha viagem: R$ 2.373,00

É, esse não é um destino muito caro. Evidente que dá pra gastar menos se ficar em um hostel mais baratinho e se evitar os restaurantes melhores. O show de tango é muito típico e interessante, mas caso precise cortar gastos, aproveite para ver os tangos de rua. Não tem a mesma pompa dos grandes shows, mas não deixa de ser um bom tango. Lembre que aqui considerei uma estadia de 4 dias, e se for ficar mais tempo você precisa calcular um pouco a mais no montante final.

Outros posts sobre Buenos Aires:

- Comparando Alfajor I e Comparando Alfajor II

- Tangos: Sunderland, Café de Los Angelitos, Teatro Piazzolla, Show Homero Manzi, Dia Mundial del Tango, Maldita Milonga, Música: tango, Academia Nacional del Tango, Sapatos de Tango, Milongas, #Fail: milongas, Museu Carlos Gardel, Escolas de Tango, Shows de Tango

- Como uma viagem a Buenos Aires mudou minha vida

- Como é dirigir em Buenos Aires

- Restaurantes e comidinhas: Muu Lecheria, La Cabrera, Mamma Racha, Janio, Il Ballo del Mattone, El Mercado, Café Bartola, Pizzaria La Rey, Dr. Candy, Nonna Bianca, Restaurantes, Buenos Aires para vegetarianos

- Hospedagem: Unique Art Elegance, Circus Hostel, Viasui Hotel, Amerian Park Hotel

- Barrio Chino

- Tour Casa Rosada

- Teatro Colón

- Roteiros: Especial, Roteiro 1, Roteiro 2, Roteiro 3, Roteiro 4

- Buenos Aires Night Life

- Cemitério de La Recoleta

- Intercâmbio em Buenos Aires

- La Boca

Comentários

comments

Leave a Reply