Roteiro Chile: 17 dias de carro

Ufa! Depois de vários posts sobre o Chile, hora de juntar tudo pra você entender a sequência, imprimir isso aqui e ser feliz por lá como nós fomos! Como contei já nos outros posts, pegamos avião até Santiago e saímos de lá para o sul do Chile.

Gostaríamos de ter pego o avião de volta de Puerto Montt mesmo, mas o valor não compensava. Valia mais a pena retornar de carro passando por outros lugares. A passagem + taxa de retorno do carro pra Santiago eram mais caros do que gasolina, pedágio e 3 noites no retorno!

VIAGEM CARRO

Aqui nesse post coloco todo o roteiro do Chile, exatamente como fizemos. Nossos dias e paradas. Sobre cada cidade, tem um post completo aqui no blog, vou deixar tudo linkado, assim esse post aqui não vira uma Bíblia. É um post base de roteiro mesmo:

 

DIAS 01 E 02 – SANTIAGO

Chegamos em Santi um pouco antes do horário do almoço. Pegamos o carro, seguimos pro hotel e já saímos para almoçar e passear. Como os dias no verão acabam por volta das 21h, deu pra aproveitar bem. Visitamos vários museus e demos um bom rolê pela cidade.

No segundo dia aproveitamos pra acordar um pouco mais tarde e passear por outros cantos da cidade. Tudo o que fizemos em Santiago está neste post aqui. Basicamente, 3 dias completos é bem suficiente para conhecer a capital.

roteiro chile

Se você quiser estender em 1 ou 2 dias aqui, pode incluir uma visita ao Valle Nevado e outra a Cajon del Maipo. Aliás, Valle Nevado você pode até incluir naqueles 3 dias. Vai ficar mais apertado mas dá. Já Cajon é necessário dia todo para ir e vir.

Além disso, pode incluir mais 1 dia aqui para visitar Viña del Mar e Valparaíso. Eu já tinha visitado, e por isso não incluí nessa viagem. Resumo: pra quem nunca esteve no Chile, pode ficar de 3 a 5 dias em Santiago que tem o que fazer.

DIA 03 – SANTA CRUZ E VALLE DEL COLCHAGUA

Saindo de Santiago seguimos para Santa Cruz e Valle del Colchagua. Santa Cruz é pequena, mas você pode almoçar e visitar o maior museu do Chile, bem como visitar vinícolas e quem sabe até dar um pulo no litoral. Tudo perto e fácil.

Aqui tem roteiro completo da região e sugestão de hospedagem deliciosa.

chile roteiro

DIA 04 – CURICÓ

No dia seguinte fomos a Curicó, visitar o Parque 7 Tazas. A cidade em si é pequena mas bem gracinha. Um passeio por lá é muito válido, e o parque consome a tarde toda, sem contar o deslocamento. Dormimos aqui, mas também é possível dormir na cidade seguinte, Talca.

chile roteiro

DIA 05 – TALCA

A cidade é menor do que Curicó. A gente chegou mais tarde em Curicó no dia anterior, passeamos por lá e, no dia seguinte fomos ao Parque e a noite dormimos em Talca. Bem cidade de parada mesmo. É importante lembrar que tem o tempo de estrada. De um ponto ao outro aqui pelo menos 2h.

chile roteiro

 

DIA 06 – CHILLÁN

Neste dia acordamos cedinho e seguimos pra Chillán, já com trajeto mais longo. No meio paramos em uma pequena cidade para conhecer o artesanato de crina de cavalo, no povoado de Rarí. É caminho, então susse.

roteiro chile

Almoçamos no shopping de Chillán antes de seguir para Las Trancas, a área de interesse de lá. Aí são mais 1h de trajeto até chegar lá em cima. Passamos a tarde toda ali, a noite (de ano novo, hehe) e na manhã seguinte pegamos estrada de novo.

DIA 07 – SALTO DEL LAJA, VILLARICA E PUCÓN

Seguindo para Pucón, fizemos uma parada em Salto del Laja, que é bem caminho e já paramos em Villarica, antes de realmente se estabelecer em Pucón. Neste dia deu pra visitar o Salto tranquilo e saímos dali por volta das 13h.

roteiro chile

O trajeto já era maior, então perdemos um pouco de tempo na estrada. Villarica suficiente um passeio de tarde, e em Pucón chegamos já a noitinha para jantar e ir dormir mesmo.

DIAS 08 E 09 – PUCÓN

Nos outros 2 dias ficamos passeando pela região toda. Tem muita coisa pra fazer aqui, inclusive estaria ok incluir um dia a mais. Tem as termas, o vulcão, Pucón em si, Caburga e Ojos de Caburga, Curarrehue… Opção é o que não falta.

Dormimos 3 noites aqui e seguimos cedo pra Puerto Varas. Hotéis que ficamos lá foram o acampamento de luxo Glamping Pucón e o Boutique Casa Establo.

chile pucon

DIA 10 – PUERTO OCTAY, FRUTILLAR E PUERTO VARAS

Saímos cedo de Pucón e continuamos a descer, parando nos pontos de acordo com o caminho mesmo. Puerto Octay e Frutillar ficam muito próximas uma da outra, é super fácil!

Em Octay paramos para almoçar e dar uma volta, e seguimos direto para Frutillar. Se o dia estiver bom – como não estava para nós, hehe – você vai ficar o resto do dia lá mesmo, e ok, é isso mesmo. No fim da tarde chegamos em Puerto Varas, uma cidade muito gracinha, com cara de Europa no inverno, mas NA cidade em si, não tem tanto o que fazer. Neste dia demos uma volta de reconhecimento, jantamos e voltamos pro hotel (e isso já eram umas 22h).

chile roteiro

DIA 11 – ILHA DE CHILOÉ

Neste dia acordamos mais cedo que os outros dias e fomos visitar a Ilha de Chiloé, que fica a mais ou menos 3h30 de Puerto Varas. Lá você pode contar o dia inteirinho mesmo, porque tem muito o que fazer. Aliás, até sugiro dormir 1 dia lá e ficar 2 completos, como comentei nesse post aqui.

Na verdade tem bastante gente que vai até lá só pra ir na pinguinera. Eu sinceramente não acho que valha a pena tanta estrada só pra isso, e a ilha é realmente incrível e cheia de coisas pra fazer.

roteiro chile

Caso você queira só fazer a pinguinera, pode aproveitar a parte da tarde para passear em Puerto Montt, por exemplo.

 

DIA 12 – ENSENADA

Aqui coloquei como Ensenada porque mudamos de hotel que ficava nesse vilarejo, mas ok continuar em Puerto Varas, dá na mesma. Neste dia visitamos o Parque e Lagos de Petrohué, e também subimos o vulcão Osorno.

chile roteiro

Do centro de Puerto Varas até essa partezinha de passeios, são mais ou menos 1h de estrada. É bem fácil, super vazia a estrada e bem bonita. Você pode sair de manhã para visitar as duas atrações, almoçar por ali e no meio da tarde pode ir a Puerto Montt, que fica entre Puerto Varas e Chiloé.

DIA 13 – VALDIVIA E MALALCAHUELLO

Aqui já começamos a voltar para Santiago. De Puerto Varas até Malalcahuello é um trecho bem grande, e a gente não tava vendo a necessidade de tanta estrada seguida assim, hehe. Escolhemos fazer uma parada em Valdivia para passear, descansar e almoçar. Foi ótimo, porque a cidade é bem legal, o dia estava lindo e é uma das maiores do Chile.

De lá, pegamos a estrada de novo por volta das 14h30 e chegamos na região de Malalcahuello por volta das 17h. Aproveitamos que o dia estava claro ainda e já fizemos o passeio até o vulcão Corralco e ainda vimos o pôr-do-sol de lá, em meio a vulcões. Excepcional!

chile malalcahuello

DIA 14 – MALALCAHUELLO

Neste dia optamos por dormir até mais tarde e almoçar no apartamento mesmo, pra economizar um pouco. Tinhamos a opção de visitar 2 parques, o Malalcahuello e o Conguillio, mas as trilhas do primeiro eram muito pesadas e longas, e o segundo era mais afastado e nos disseram que talvez nem valesse muito a pena.

Por este motivo optamos por descansar e ir a tarde para Lonquimay passando pela serra. Foi muito lindo, tranquilo e um dia econômico. Não dá para visitar as 3 coisas no mesmo dia. Lonquimay e os parques. Tem que escolher mesmo, tá? Se quiser muito fazer as trilhas longas do Parque Malalcahuello, você precisa adicionar 1 dia a mais na viagem.

DIA 15 – TERMAS DE MALLECO

Penúltimo dia de viagem, subimos mais um pouco e fomos para as Termas de Malleco, um hotel all inclusive que você também pode só pagar o day use. Malleco é o nome da região, e ali também tem o Parque Tolhuaca para visitar.

Além disso, não há muito o que fazer ali, o que muitos chilenos fazem é ir curtir as termas mesmo. Lá tem 3 áreas de piscinas termais com águas naturais de temperaturas a base dos 37-39º. Também tem um gêiser próprio com visita guiada gratuita.

roteiro chile

Foi um dia bem relax, pois fizemos só a trilha simples do parque Tolhuaca, que dura cerca de 1h só. Tem uma outra muito mais extensa e avançada. Para essa já precisa de 4-5h, pois é bem ingrime.

DIA 16 – ESTRADA, VINÍCOLA E SANTIAGO

Último dia de estrada!! De Malleco até Santiago são mais ou menos 5h30 de viagem, e optamos por sair bem cedinho e parar para almoçar na Vinícola San Pedro, mesmo que as 15h, haha!

Chegamos tarde, mas valeu, poque foi o almoço mais lindo, no dia mais lindo, com o melhor vinho e fechou a viagem com chave de ouro. Este dia foi total de “apoio”, tipo, não fizemos nada além da vinícola, só retornamos pra Santiago. Chegamos por volta das 18h e do apê só saímos comprar comida pra cozinhar em casa, pois estávamos cansados do dia todo na estrada.

vinicola san pedro chile

DIA 17 – SANTIAGO

Neste dia optamos por acordar mais tarde e arrumar as malas (entenda como: tentar fazer caber tudo). Nosso voo saía à 00h30, então saindo do apê, não teríamos mais como descansar e tal. Então arrumamos tudo, dormimos mais, almoçamos no apê pra economizar e de lá fomos pro Cerro San Cristobal. Ficamos um bom tempo lá.

chile roteiro

Tentamos visitar um outro museu, mas nesse dia ele estava fechado. Demos mais um rolê no Patio Bellavista e por volta das 18h30 seguimos pro aeroporto devolver o carro tranquilo, não se preocupar com o trânsito e jantar lá mesmo.

Esse foi nosso roteiro no Chile! Ainda deixei sinalizado em alguns lugares onde seria legal deixar 1 ou 2 dias a mais, e opções além das que fizemos nesta viagem em específico. O Chile tem MUITA coisa legal, muitas vinícolas, muitos parques e trilhas, mas pra fazer tudo – ou quase – precisa de mais dias. Algumas trilhas são de 2 ou 3 dias! Só uma trilha! Sem contar que depois disso precisa de um descanso, né? Não vou dizer que é impossível, mas com certeza bem cansativo, e uma viagem consideravelmente mais longa.

Espero ter ajudado vocês a planejarem uma viagem por lá além dos clássicos Santiago, Viña Del Mar, Valparaíso e Atacama! Se for, me conta depois o que fez e o que achou da viagem pelo Chile. Beijo e boa viagem! =D

 

Mais sobre o Chile:

– Roteiro Chile: 17 dias de carro 

– Quanto custa viajar de carro pelo Chile

– Dirigir no Chile: tudo o que você precisa saber

– Vantagens e desvantagens de fazer uma viagem de carro pelo Chile

– O que fazer em Santiago

– Aluguel de carro no Chile

– Vinícolas no Chile: Viña Miguel Torres

– Vinícolas no Chile: Viña San Pedro 

– Vinícolas no Chile: Concha y Toro

– Museu de Colchagua em Santa Cruz, o maior museu privado do Chile 

– Onde de hospedar no Valle del Colchagua e o que fazer

– Parque Nacional 7 Tazas e onde se hospedar para visitá-lo

– Chillán no verão!

– O que fazer em Pucón, Villarica e região

– Onde se hospedar em Pucón: Glamping Pucón, único acampamento de luxo do Chile

– Onde se hospedar em Pucón: Hotel Boutique Casa Establo

– Artesanato chileno: o que comprar de legal

– O que fazer em Puerto Varas e região

– Onde se hospedar em Puerto Varas

– Como chegar e o que fazer na Ilha de Chiloé

– Uma parada em Valdivia

– O que fazer na região de Malalcahuello e onde se hospedar

– Termas de Malleco e Parque Tolhuaca

Salto del Laja, passeio gratuito no meio do Chile

– Valle Nevado no verão

– Dirigindo na montanha: Valle Nevado

– Quanto custa viajar para Santiago?

– Pega turista: restaurante giratório

– Cajon del Maipo

– Viña del Mar e Valparaíso

– Ibis Providencia

– Hotel em Santiago: Hotel Alcala del Rio

Chile road trip

Comentários

comments

2 Comments on Roteiro Chile: 17 dias de carro

  1. Fabianna
    3 de maio de 2019 at 1:04 (3 semanas ago)

    Oii, muito legal o roteiro do vocês, obrigada por compartilhar!
    Qual mês vocês fizeram essa viagem?
    Gostaria muito de ir no Parque Siete Tazas, mas farei minha viagem em outubro aí não sei se vale a pena ir essa época por conta de não ser verão ainda. Estou procurando alguém que foi em outubro pra me contar a experiência rs.

    Responder
    • Anna
      Anna
      13 de maio de 2019 at 15:51 (1 semana ago)

      Oi Fabianna.

      Nós fomos ano novo até dia 15/01 mais ou menos.
      A água é bem BEM fria já nessa época. Não dá pra entrar, só os loucos mesmo… haha
      Em outubro acho que a vista é igual e a água mais fria ainda.

      Responder

Leave a Reply