Top 3: Cidades favoritas

Nós já fizemos um top 3 aqui sobre as cidades favoritas, mas como na época eu não escrevia no blog, me senti a vontade para colocar o meu Top 3 aqui.

Eu queria mesmo era fazer um top 5, porque o terceiro lugar do meu top 3 não é bem definido, pois existem 3 cidades praticamente empatadas, mas vamos lá.

rio

Eu acho que a minha cidade preferida no mundo não é segredo pra ninguém. Se alguém ainda não percebeu isso, é só passear pelos nossos posts que vai notar que quando o assunto é o Rio de Janeiro, eu não economizo elogios. Sempre digo que não sei explicar o motivo de tanto amor, mas é amor mesmo. Daquele que você aceita mesmo com todos os defeitos.

Imperdível: Cristo Redentor e Pão de Açúcar. Ir ao Rio e não visitar o Cristo e o Pão de Açúcar é como ir a Paris e não conhecer a Torre Eiffel, é como ir à Itália e não comer pizza. Com vistas lindas, acho que é um bom ponto de partida para começar a explorar o Rio de Janeiro, mas não importa quantas vezes vocês visitem a Cidade Maravilhosa, sempre vai ter coisa nova para conhecer.

Restaurantes: para comer bem no Rio, se prepare para gastar bastante. Mesmo nos restaurantes mais simples, é praticamente impossível fazer uma refeição sem desembolsar pelo menos R$40. Tem um restaurante em Copacabana que eu costumo almoçar sempre que passo por lá, porque é um dos poucos que é possível gastar menos do que isso, mas infelizmente não lembro o nome, mas daqui 2 semanas estou indo pra lá e trago o nome e o endereço certinho para vocês.

Dica: a receptividade do povo é sensacional, mas cuidado com a malandragem, especialmente dos taxistas. De qualquer forma, acho muito válido pegar táxi, porque os taxistas costumam servir como guias também e tem muitas histórias para contar. Verdadeiras ou não, são sempre uma atração a parte, então quando entrar no táxi, pode bombardear o cara de perguntas porque vale MUITO a pena.

NY

Antes de conhecer Nova Iorque eu achava que a cidade tinha grande chance de superar o Rio no meu top 3. Olha, a concorrente é MUITO forte, mas não conseguiu. Acredito que não tenha superado o Rio porque como eu tenho mais oportunidades de ir para o Rio do que para NY, eu acabo renovando meu amor pelo Rio pelo menos duas vezes por ano, daí é difícil concorrer com quem está sempre presente. Hahaha.

Mas olha, Nova Iorque é a minha cara mesmo. Tem tudo o que eu busco em uma cidade e eu moraria lá muito fácil, pois NY tem um caos que me atrai e edifícios que me deixam boquiaberta olhando para cima. E eu sou fascinada pela arquitetura da cidade.

Imperdível: passeio de barco até a Estátua da Liberdade a noite. Olhar a skyline de Manhattan a noite é de tirar o fôlego! Não deixem de fazer esse passeio. Confiem em mim!

Restaurantes: reza a lenda que você pode sair para jantar fora em Nova Iorque todo dia durante 69 anos e NUNCA repetir um restaurante. Deu pra entender a quantidade de restaurantes que existem por lá? Eu fiquei 10 dias na cidade e repeti várias vezes o Burger King. Hahaha. Mas ah, tem que aproveitar porque, além de ser barato, não tem Burger King vegetariano no Brasil. Fora isso, já demos dicas de onde comer em NY nesse post aqui.

Dica: se você não tiver dinheiro, não vá. Simples assim. E digo isso por experiência própria. Eu fui para Nova Iorque depois de passar 2 meses viajando na Europa e cheguei lá falida para os padrões nova iorquinos. Fiz todos os passeios que eu tive vontade, mas não comprei quase nada. As coisas lá são realmente MUITO baratas, mas se você não tiver dinheiro o suficiente para comprar tudo o que quiser, não vale a pena ir. Eu quero muito poder voltar para NY um dia com bastante dinheiro. Mas se você não for do tipo consumista, aí tudo bem, pode ir com uma quantidade de dinheiro normal de viagem que dá tranquilo.

VIENA

Viena está sempre entre as 3 cidades com melhor qualidade de vida no mundo e vivendo por lá fica fácil de entender o motivo. Ao contrário do que estamos acostumados aqui no Brasil e do que vemos em outras grandes cidades no mundo, em Viena as pessoas não vivem para trabalhar. Elas trabalham para viver. No começo eu ficava bastante irritada com as coisas fechando cedo e não funcionando no final de semana, eu só pensava no quanto eles eram folgados, que não sabiam ganhar dinheiro e que não entendiam o quanto as pessoas precisavam dos serviços, mas depois eu comecei a desacelerar por obrigação, já que não adiantava eu viver acelerada em uma cidade lenta. E desacelerando que eu entendi porque a população lá vive tantos anos. Esse ritmo de vida que levamos aqui não é saudável, mas também não dá pra viver de maneira diferente por aqui. Ai, é tudo tão complexo, né?! Viena está aqui na terceira posição principalmente por esse motivo. As duas cidades que brigam com Viena pelo terceiro lugar são Edimburgo e Munique, mas como eu não moraria em Edimburgo e como Munique não tem essa característica “folgada”, a medalha de bronze vai para a pomposa Viena.

Imperdível: visita ao Palácio de Schönbrunn. Não só na parte interna do palácio, mas no complexo todo. Os jardins são maravilhosos! Ainda não falei muito sobre esse palácio por aqui porque parece que quanto mais eu gosto de uma coisa, mais dificuldade eu tenho para escrever sobre. De qualquer forma, já fiz um post falando do zoológico anexo ao palácio, que é o mais antigo do mundo. E por falar em antiguidades, é em Viena também que existe a mais antiga roda-gigante do mundo, outra atração imperdível da capital austríaca.

Restaurantes: no verão, as boas opções são as vinícolas, que já comentei aqui com vocês. Em Viena, a maioria dos restaurantes são de culinária internacional. Existem alguns restaurantes com comidas típicas austríacas, mas aparentemente eles não valorizam muito isso por lá.

Dica: a maioria dos lugares não aceita cartão de crédito e nem de débito! Eles tem o costume de pagar tudo em dinheiro, inclusive compras no supermercado. Eu sofri muito com isso no começo, porque aqui no Brasil nós temos o costume de comprar tudo com cartão.

Concordam com o meu top 3? Quais são as cidades favoritas de vocês? Quero saber!

Comentários

comments

7 Comments on Top 3: Cidades favoritas

  1. Ana
    24 de abril de 2013 at 16:43 (4 anos ago)

    So troco Viena por Londres, mas super concordo com as outras duas, hehe!!

    Responder
    • Mariana
      Mariana
      24 de abril de 2013 at 17:09 (4 anos ago)

      Sabe que eu não acho Londres tudo isso?!
      Adorei, lógico, mas não me animo muito pra voltar pra lá um dia.
      Já as outras, poderia ir pelo menos 2x por ano a cada uma delas. Hahaha

      Responder

5Pingbacks & Trackbacks on Top 3: Cidades favoritas

  1. FINESTRINO » Arquivos » Top 3: Edifícios
    29 de maio de 2012 at 7:02 (5 anos ago)

    […] Como toda fã do Oscar Niemeyer, sou suspeita para falar qualquer coisa a respeito das obras dele e essa escolha é muito mais suspeita ainda por se tratar de um museu com uma vista espetacular para a minha cidade preferida. […]

    Responder

Leave a Reply