Turismo animal – orfanato de elefantes e centro das girafas no Quênia

Depois que vi o post da Anna sobre o zoológico de Lujan, parei pra pensar que uma das coisas que mais adoro em uma cidade é fazer um belo turismo animal. Não em zoológico mal cuidado ou lugares que maltratam e exploram animas. Bem pelo contrário, lugares que muitas vezes cuidam de animais órfãos ou servem como um santuário para os bichinhos. Um dos meus sonhos e planos de viagem é fazer um safari no Quênia ou Tanzânia, durante o período de migração dos animais. Deve ser algo incrível!

O primeiro lugar que tive a chance de interagir com essas grandes criaturas foi em Nairobi, no Quênia. Lembro que fiquei ansiosa pelo voo semanas antes, só de pensar que poderia visitar um Orfanato de Elefantes que eu já tinha visto por fotos. Além disso, fui também no Giraffe Center, onde pude alimentar as girafas gulosas e babonas! Os dois lugares são instituições sérias e que servem para proteger e cuidar desses animais.

No Orfanato de Elefantes eles cuidam de elefantinhos que perderam os pais por caçadores. Tem um horário do dia que eles abrem para os visitantes e fazem um “showzinho”, dando mamadeira para os elefantinhos e deixando eles ali soltos brincando, se jogando na terra e fazendo bagunça. Uma fofura sem explicação. Eu AMO elefantes, são meus favoritos!

Depois do orfanato fomos no Giraffe Center, onde as girafas ficam ali na savana delas, com o pumba e outros amiguinhos ao redor. Foi a primeira vez que alimentei uma girafa, apesar de ser um pouco comum em alguns parques ou zoológicos poder interagir com elas, foi a primeira vez que cheguei tão pertinho dessas pescoçudas lindas. Fiquei até com medinho de dar a ração na boca dela e nojinho daquela baba gosmenta.

Os dois lugares foram experiências únicas e inesquecíveis para mim. Lembro que fui também em um outro parque em Nairobi, era aberto e com animais soltos e alguns em jaulas. E os caras que cuidam do lugar ofereceram pra gente tirar foto com uma onça, bastava pagar um suborno para eles. Mas nem mortaaaa!! Esse tipo de coisa não faço por não achar certo e por me borrar de medo de animal grande. Não sei se teria coragem de passar a mão no leão e no tigre como a Anna fez.

Espero que tenham curtido o post. Tenho mais histórias de turismo animal para contar!

Comentários

comments

Leave a Reply