Um pouco mais de São Francisco

Sei que vocês não aguentam mais ler sobre São Francisco por aqui, mas prometo que já estou quase acabando os posts de lá. A cidade é tão legal e incrível, que dá gosto falar dela, fora que faz com que eu me lembre da viagem e de como gostei de ter conhecido a Califórnia. A diferença é que hoje não vou falar de nenhum ponto turístico, nem de museu, nem de problemas com empresas locais e nem de hotel. Vou falar sobre a cidade em si, sobre as impressões que tive de São Francisco, sobre as coisas que tornam a cidade única.

Antes de mais nada, tenho que dizer que os habitantes de São Francisco são muuuuito simpáticos. Não que o resto dos californianos não sejam – pois são todos muito queridos – mas pensa que eu cheguei primeiro em Sanfran, e de cara fui atendida por essas fofuras de pessoas. Do taxista ao atendente do bar, todos simpáticos até dizer chega. Acontece que todos se preocupam muito com seu bem estar, e não é o turista não… é o consumidor em geral.

É impressionante de ver como as pessoas realmente trabalham por lá, não ficam de trololó e conversa furada. Todos fazem questão de te atender e atender bem! Nada falta, os garçons não demoram pra atender, todo mundo te ajuda. É lindo de ver e receber esse tratamento. (aliás, tem muito brasileiro precisando estagiar lá viu?)

Se o povo é simpático e sabe atender bem, é óbvio que no trânsito tem respeito. Se for atravessar a rua, não interessa se o pedestre está errado ou não, todos param. Isso por um lado acaba sendo um pouco ruim porque vai bloqueando todo mundo e as ruas ficam super congestionadas. Acho que seria interessante você prestar atenção na hora de atravessar as ruas pra não virar um inconveniente para o trânsito de São Francisco. Ah, falando em trânsito, a cidade tem muito, muito mesmo! O horário mais crítico é entre 17h e 19h. Evite sair na rua de táxi ou carro. Além de demorar muito, vai sair caro.

Algo que não vi por lá e achei uma bênção: motoboy.

São Francisco é um mundo basicamente livre das loucuras dos motoboys! Certamente tem algumas motos, mas nem se compara às nossas grandes cidades. Na verdade, eu nem tinha notado, só tinha achado o trânsito muito bom lá, mesmo com congestionamento. Pensei comigo mesma que devia ser por causa do respeito que as pessoas tem. Aí vem meu pai de repente e fala: “gente, não tem motoboy! Não vi nenhum ainda!” Acreditem, faz diferença no barulho e na bagunça geral da rua. Provavelmente lá eles usam transporte público para ir rápido de um lugar ao outro. Realmente não sei.

Não em São Francisco!!

Outra curiosidade? É a cidade com a maior população gay do país, quase 20% dos habitantes com mais de 15 anos é gay. Sanfran também é uma das cidades mais multiétnicas dos Estados Unidos, e dá pra perceber já que muitos atendentes são estrangeiros (a maioria fala espanhol).

São Francisco tem cerca de 1 milhão de habitantes, não é grande nem pequena, mas a segurança lá é muito boa. Dá pra andar tranquilo pelas ruas, a cidade é extremamente limpa e o mais engraçado é que a época mais fria de lá, é no verão! Fui no inverno e já achei beeeem fresca e com vento… imagina no verão! Legal é que todos os habitantes brincam com essa curiosidade, adoram contar para os visitantes e acham engraçado. É uma vibe tipo Curitiba, que o sol visita de vez em quando nas férias.

Mesmo sendo uma cidade super fria e que todo mundo diga que americano é gordo e sedentário, em São Francisco tem muita gente fazendo exercício na rua e cuidando da saúde. Muita bike, muita corrida… gostei de ver a preocupação deles.

Gostei de ver São Francisco super consciente com as coisas e muito hospitaleira. Na verdade, não tem como não gostar de lá. Apesar do sobe e desce extremo das ruas, é muito legal passear por lá. Vale a visita, definitivamente!

Mais sobre São Francisco:

Union Square: o melhor lugar para comprar em São Francisco

Museus em São Francisco: De Young e Academy of Science

Restaurantes em São Francisco

Golden Gate Bridge

Alamo Square

Ônibus de turismo em São Francisco

Lojas de doces em São Francisco

Radisson São Francisco

Alcatraz

Comentários

comments

3 Comments on Um pouco mais de São Francisco

  1. Avatar
    Luciana
    13 de abril de 2013 at 1:55 (6 anos ago)

    Faltou mencionar uma coisa MUITO comum em SF : os mendigos (ou homeless, se preferir). Tem muitos, muitos mesmo…a cidade por ser muito liberal nao faz questao de tirar eles de vista como fazem outras grandes cidades.

    Responder
  2. Avatar
    Jero
    25 de abril de 2013 at 16:49 (6 anos ago)

    Anna, voltei de SFO no ultimo sabado (20/04) e infelizmente fiquei apenas 2 dias.

    Realmente a cidade e’ otima e apesar dos morros da’ vontade de andar apenas a pe’ para poder apreciar a arquitetura do lugar.

    Sobreo os mendigos mencionados pela Luciana, e’ verdade que nao sao poucos, mas os caras pelo menos ficam na deles sem incomodar apenas exibindo a placa com a historia triste e o copinho para as moedas, mas se voce puxar papo os caras falam mais que pobre na chuva…

    Em relacao ao Pier 39 que foi mencionado em outro post, passei la’ para pegar o catamaran da Adventure Cat. No dia comemos mosca e nao reservamos com antecedencia os ingressos para Alactraz, a alternativa foi o passeio pela Adventure Cat que da’ a volta em Alcatraz e depois vai ate’ depois da Golden Gate e volta. Dura 1 hora e meia e pra mim valeu cada centava dos US$ 35/cabeca que eles cobram. Como e’ um catamaran, assim que eles saem das docas o motor e’ desligado, icam as velas (voce tem ajudar se estiver perto da corda) e depois o passeio e’ todo velejando ate’ a hora de entrar na doca novamente. Aqueles piers realmente tem varias atracoes e da’ pra perder alguns dias so’ passeando por ali.

    Responder
    • Anna
      Anna
      25 de abril de 2013 at 16:54 (6 anos ago)

      Então, voltei agora e estava lendo os comentários… juro que não reparei em tantos mendigos gente.
      Achei que Los Angeles bate todas as cidades americanas nesse quesito (das que eu visitei pelo menos). Tem demaaaais!

      Que pena que não desceu em Alcatraz, é mega legal. Ainda vou postar aqui, mas vou fazer dois posts com 1 especial por isso ainda não postei =)

      Pelo menos o passeio valeu a pena né? A cidade é demais mesmo, difícil não gostar!!

      Beijo!

      Responder

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.