Vila Velha: tudo o que você precisa saber para passar o dia

Vila Velha é um Parque Estadual que fica aqui pertinho de Curitiba – cerca de 80km – na região de Ponta Grossa. Apesar de ser aqui do lado, fui pra lá apenas uma vez e assim, 20 anos atrás! O Parque foi revitalizado, tiveram várias modificações de segurança e tudo o mais. A Mari foi recentemente lá e contou sobre o parque aqui, então não vou me alongar falando da mesma coisa, e sim vou fazer um post prático pra quem quer conhecer.

vila velha

Como ir

De ônibus

Olha, vou ser bem sincera, não recomendo ir de ônibus e isso é péssimo pro turista. Tem como ir pra lá de transporte público sim, e ano passado fui comprar as passagens pra 2 amigos argentinos (na Rodoviária, porque o site não tava rolando, #fail). Confesso que EU, que sou daqui mesmo e falo português, não entendi nada! Primeiro porque o atendente não estava afim de me atender e nem de me explicar. Segundo porque é preciso pegar o ônibus da rodoviária (desses que param em tudo que é ponto, vulgo pinga-pinga) e parar em um ponto na frente da entrada do parque. Até aí tudo bem, mas para entender a volta foi uma complicação total, pois tinha que pegar 2 ônibus, um que fosse até a cidade de Ponta Grossa e então outro pra Curitiba, isso basicamente por causa dos horários. Não entendi muito bem onde e como pegar os ônibus, mesmo perguntando diversas vezes pro atendente.

A passagem é barata, R$ 13/trecho mas o ônibus demora bastante, mais de 2h pra chegar. Sinceramente acho que esse tipo de transporte está bem falho e se você puder alugar um carro ou ver uma excursão com seu hotel, é uma boa. Com certeza vai ficar mais caro, mas acho que vale o sossego e o tempo.

De Carro

Pra quem vai de carro é uma moleza: BR 277 e vai embora pra sempre. A viagem dura 1h mais ou menos e tem sinalização fácil. É só seguir reto numa boa mesmo, e pra voltar a mesma coisa.

Lá dentro tem estacionamento e é gratuito. O que não é gratuito é o pedágio, que é bem, beeem caro.

vila velha

Quanto custa

Para ir e vir

Como Vila Velha é pertinho, você vai gastar cerca de R$ 30 em gasolina para ida e volta (depende de quanto faz o seu carro). Se for em mais gente fica super em conta. Somando a parte da viagem em si, tem 2 pedágios, um de R$ 6,80 e a menos de 30km desse, tem outro de R$ 9,70. Logo são R$ 16,50 por trecho, total de R$ 33 (absurdo né?).

Passeios

Lá dentro são 3 passeios disponíveis: visitar os arenitos, as pedras mesmo; visitar a Lagoa Dourada e visitar as Furnas. Os dois últimos fazem parte do mesmo pacote e são rapidinhos pra fazer. Os arenitos custa R$ 8,00 e os outros dois, R$ 10. Total de R$ 18 (e se for estudante, paga meia!).

vila velha

Esse buracão lá atrás é a Furna 2

Total considerando 2 pessoas no carro e passeio preço adulto: R$ 49,50.

Quanto tempo dura

Você pode considerar o dia todo pro passeio. Não precisa sair super cedo de Curitiba, saindo 10h30/11h está de bom tamanho (se for de carro, lembre que o ônibus demora muito mais).

O passeio pelos arenitos cada um faz no seu tempo, mas fazendo a trilha maior e ainda chegando lá em cima pela trilha alternativa e não com a van que eles disponibilizam, você leva cerca de 1h45/2h no máximo.

vila velha

O passeio de furnas + lagoa é rapidinho e tem que ir com o ônibus deles porque é mais afastado. Tem horário fixo de saída – de 30 em 30 minutos – mas em no máximo 40 minutos você faz tudo e volta. Também como é com guia e tal, não dá pra ficar se prolongando nos pontos.

Nesta última ida pra lá, saímos daqui cerca de 10h45, chegamos antes das 12h. Passeamos pelos arenitos e 14h já estávamos de volta na entrada. Almoçamos tranquilos e 15h pegamos o passeio para as furnas. No fim saímos do parque um pouco antes das 17h. Deu super bem, não foi corrido e bom horário pra ir e vir.

O que levar

Apesar de terem uma lanchonete lá, achei bem fraca. Poucas opções de comida e com cara não convidativa, além de atendimento bem mais ou menos. Dá pra comprar água e refri numa boa, e ainda tem um bebedouro disponível pra quem quiser encher a garrafinha antes dos passeios (e eu achei isso bem legal).

Lá dentro do Parque não pode comer, só beber alguma coisa. Não tem nem lojinha e nem wc lá em cima, tem que levar na bolsa o que for consumir e aliviar antes, viu?

O passeio é bem leve, nada de se preocupar com mega caminhadas, mas por favor gente, tênis e/ou sapato bem confortável, roupas leves principalmente se tiver sol, protetor solar também é recomendável. Como falei acima, o passeio é rápido e o que demora mais são as paradas para fotos mesmo, fora isso é um trajeto curto. Importante é ir confortável e lembrar que vai caminhar!

Pode fotografar a vontade e a boa notícia é que o 3G funciona praticamente em todo o parque!! São poucas áreas mais fechadas que não pegam o sinal.

Além do básico de conforto para uma caminhada e as câmeras, sugiro levar um lanche de casa. Dá pra deixar no carro e pegar depois quando for comer, por exemplo. Como disse a lanchonete não é muito convidativa e pelo menos você pode levar algo mais saudável e fresquinho pra comer.

Comentários

comments

1 Comment on Vila Velha: tudo o que você precisa saber para passar o dia

  1. Neusa
    2 de janeiro de 2017 at 10:44 (2 anos ago)

    Obrigada pelas dicas.Valeu mesmo!!!!

    Responder

Leave a Reply