Vila Velha, bate e volta saindo de Curitiba

Final de semana chegando e a às vezes vem aquela dúvida: o que fazer nesse final de semana? Não que Curitiba não tenha muitas opções, mas é sempre bom mudar os ares e fazer alguma coisa diferente sem gastar muito dinheiro. O Parque Vila Velha fica apenas há 100km de Curitiba, no município de Ponta Grossa, então dá pra sair de casa cedinho, passar o dia por lá e voltar no finalzinho da tarde.

O parque é um sítio geológico onde um dia já foi mar (!) e começou a se formar há 340 milhões de anos. Para os que gostam de geologia, é um passeio bastante interessante, já para quem passou raspando na disciplina (eu) é apenas um passeio turístico mesmo, no qual eu me permito chamar “rocha” de “pedra” sem correr risco de tirar nota baixa.

O parque possui 3 sítios: os arenitos (blocos esculpidos pelo vento e chuvas), as furnas (crateras que chegam até 100m de profundidade preenchidas por água) e a Lagoa Dourada. Vou falar apenas dos dois primeiros, pois não visitei a lagoa.

Já na entrada do parque Vila Velha, a recepcionista é uma corujinha linda! Ouvi dizer que é meio que símbolo do parque e até na lojinha de souvenir tem umas miniaturas dela. Eu comprei, lógico, adoro corujinhas. Mas não se deixe enganar: ela é nervosinha. Sofri para tirar uma foto e quando cheguei mais perto ela fez pose de quem ia avançar em mim.

coruja

A primeira parte da visita foi nas furnas, mas no dia que eu fui o elevador panorâmico não estava funcionando, daí só era possível ir até a plataforma e olhar lá para baixo.

Vila Velha 025
Vila Velha 029

Depois seguimos com um passeio nos arenitos. A trilha tem 1.100 m de extensão e a caminhada dura cerca de 45 minutos. Tudo bem tranquilo, com calçada para caminhada e guia explicando tudo. Os arenitos são bem famosos e o principal deles, o cálice, é cartão postal do parque e de Ponta Grossa. Muitas formações se assemelham a animais, objetos e todo mundo fica brincando de adivinhar com o que cada uma se parece.

Vila Velha 132Vila Velha 106

Vila Velha 076Vila Velha 075

O horário de visitação no parque é das 8h às 17h30 e a entrada custa R$ 18,00 para as furnas, arenitos e Lagoa Dourada OU R$ 8,00 para as furnas e Lagoa Dourada OU R$ 10,00 somente para arenitos. Estudantes pagam meia entrada e idosos são isentos. Se você levar algum amigo estrangeiro, os valores para ele são mais caros, mas não é porque estrangeiro tem que pagar mais caro, na verdade brasileiro que paga mais barato, pra incentivar o turismo e a cultura.

Vila Velha 047

Existe um ônibus dentro do parque que leva você de um lugar para outro, é muita mordomia, né?!

O parque fecha toda terça-feira e não esqueçam de levar muita água na caminhada, pois lá é bastante seco e quente.

E bom passeio!

Vila Velha 143

Comentários

comments

5 Comments on Vila Velha, bate e volta saindo de Curitiba

    • Mariana
      Mariana
      16 de setembro de 2011 at 12:21 (6 anos ago)

      2007
      era legal na época, tá!
      agora acho feio e quero ser morena.

      Responder
      • Vítor Villarinho
        16 de setembro de 2011 at 14:14 (6 anos ago)

        Era legal por causa de The Sweet Escape da Gwen Stefani.

        Responder
        • Anna
          Anna
          16 de setembro de 2011 at 14:46 (6 anos ago)

          Carolina Dickman… na época.

          Valorizamos a cultura nacional ok?

          Responder
  1. Gabriela Seimetz
    6 de julho de 2012 at 21:01 (6 anos ago)

    AAAAhhh eu curtia teu cabelo assim :D
    Mas enfim, já fui pra vila velha… muito bonito mesmo os arenitos e tal! A lagoa sinceramente não achei nada demais, talvez porque eu não tenha visto o “efeito” dourado no pôr do sol… Mas faz muito tempo que fui, em agosto vou pra lá em um congresso… quem sabe faço esse passeio de novo ;)

    Responder

Leave a Reply