Como foi meu processo para emitir o visto de estudo italiano

Todo mundo sabe que para ir a Europa não é necessário vistos se sua estadia for de no máximo 3 meses. Mas eu fui estudar na Itália durante um ano, e precisei tirar visto de estudo italiano.

Não precisei ir pra São Paulo porque tem um consulado aqui em Curitiba, e isso realmente facilitou a vida!! O consulado fica no Shopping Itália, R. Marechal Deodoro, 630 – 21º andar, bem no centro da cidade.

Para quem vai estudar, é só entrar no site, pegar o formulário e preparar os documentos. Quando fiz meu visto (há 2 anos e meio atrás), não precisei agendar nada, era apenas chegar cedo, pegar uma senha e esperar. O espaço é pequeno, então sempre fica um pessoal no corredor e tal. Os atendimentos são feitos apenas na parte da manhã, e se não me engano, é de 3ª a 6ª… ou algo assim. E a retirada do passaporte leva uns 15 dias úteis e é feita na parte da tarde, também mediante senha.

O consulado pede uma série de documentos, além das passagens aéreas mostrando datas de ida e volta. Na época me pediram o formulário do site e os seguintes documentos:

1 – Certificado ou carta convite da instituição escolar ou universidade italiana, no qual deve estar especificado que o estudante está regularmente inscrito, qual o tipo do curso, duração, a data de início e o endereço completo da escola;

2 – Seguro de saúde válido na Itália, sem limitação de cobertura ou certificado IB-2. Ou então declaração do interessado assumindo a responsabilidade de fazer o seguro na Itália;

3 – Meios financeiros suficientes para garantir a permanência na Itália durante o período de estudo, sendo necessário apresentar uma das opções:

3.1 – Recibo bancário da compra de moeda estrangeira;
3.2 – Travelers checks;
3.3 – Dinheiro em espécie;
3.4 – Carta de banco operante na Itália comprovando que o estudante possui uma conta corrente e que mencione o saldo bancário;
3.5 – Cartão de crédito internacional ou italiano (Bancomat) ? nesses casos, o interessado deverá apresentar uma declaração da instituição financeira na qualÿ deve constar que o valor poderá ser retirado mensalmente;
3.6 – Comprovante da concessão de bolsa de estudo, indicando o valor da mesma;

4 – Ser maior de 14 anos.

Além disso, há os documentos exigidos para qualquer tipo de visto:

– Passaporte válido (com data de vencimento superior a três meses da data prevista de volta da Itália);ÿ

– Carteira de identidade brasileira RG ou RNE;ÿ

– Cópia da reserva ou da passagem aérea (o bilhete deverá ser apresentado no ato da emissão do visto);ÿ

– Comprovante de residência (conta de luz, água, telefone ou titulo eleitoral);ÿ

– Duas fotos 3×4 (recente);

– Endereço do local onde ficará na Itália.

Chegando lá, você retira uma senha. Depois de passar por um primeiro guichê e entregar os documentos, temos que esperar mais um pouquinho, até que nos chamem para a entrevista com o cônsul. Ele era bem simpático, e não fez muitas perguntas difíceis nem nada, conferiu os documentos e fim. Quinze dias depois (o tempo de espera pode variar também, eles não dão data certa para retirar, apenas dizem que a partir de X dias podemos retornar), era só voltar para retirar o passaporte com o visto.

Todos os vistos podiam ser fáceis assim né? Feitos na nossa própria cidade inclusive… mas fazer o quê, não é mesmo?

Enquanto estava na Itália, precisei renovar o visto. Veja aqui o que aconteceu e como fazer.

seguro viagemSaiba mais sobre o seguro viagem aqui.

Comentários

comments

21 Comments on Como foi meu processo para emitir o visto de estudo italiano

  1. rafaela
    24 de maio de 2010 at 4:47 (9 anos ago)

    ai anna, nem me diga… o mundo seria + facil se todos os vistos fossem faceis assim!

    Responder
  2. Miguel
    24 de maio de 2010 at 14:30 (9 anos ago)

    Visto é EVIL. Sofre um monte pra tirar e ninguém nem olha. Tirei o visto de trabalho finlandês e de estudante sueco. O primeiro nem sabia que tinha que tirar, descobri duas semanas antes de ir, tem consulado honorário em Curitiba, deixei um quilo de papel e 200e, no outro dia já aprovaram no terceiro meu passaporte voltou de Brasilia. Já o sueco tive que mandar o meio quilo de papel pra Brasilia, sem passaporte, mas de graça. Como mandei uns dias antes de viajar retirei o visto na Embaixada sueca em Helsinki, depois em conversar muito com as tias da Embaixada Sueca no Brasil.
    Mas né? pelo menos fica legal no passaporte. Quando vc renova o passaporte eles ficam com o velho?

    Responder
  3. simone
    13 de abril de 2014 at 21:12 (5 anos ago)

    Olá Ana! Tudo bem?
    Sou aluna de doutorado no Brasil e tenho possibilidades de ir fazer sanduíche por um ano na Itália com meu salário e uma bolsa da Capes. A universidade da qual sou aluna possui convênio com uma da Itália. Estava bem animada até ver umas informações hoje sobre o visto. Ocorre que só vou passar um ano se puder levar junto o meu esposo e dois filhos pequenos.
    Mas é verdade que mesmo tendo meu visto aprovado para estudo não há garantia de visto para meu marido e filhos? Imaginava que meu visto fosse extensivo a eles e que poderíamos viajar no mesmo dia para a Itália, isso não é possível?

    Responder
    • Anna
      Anna
      14 de abril de 2014 at 8:24 (5 anos ago)

      Oi Simone!

      Olha, não sei te dizer, mas eu acredito que em um visto de estudo ele serve só pra você e não pra família. Afinal, só você vai estudar lá.
      Acho que nesse caso teria que ser um visto de trabalho, enviado por uma requisição da empresa que te contrata e tal.
      No estudo não tem essa mamata não.

      De qualquer forma, vá ao consulado e se informe melhor em como fazer, talvez tenha alguma forma. =D
      Bacio!

      Responder
  4. Victor
    2 de maio de 2014 at 1:38 (5 anos ago)

    Ciao, Anna!

    Você poderia me ajudar quanto a essa parte de comprovação econômica? Se eu não possuir todo o dinheiro para 3 anos, como devo proceder? Devo apresentar comprovantes de renda de minha familia afirmando que depositarão a quantia? Eu entrei em contato com o consulado aqui no RJ e nem eles souberam me responder com clareza! :(

    Poderia me ajudar?

    Grazie! Bacio!

    Responder
    • Anna
      Anna
      2 de maio de 2014 at 10:36 (5 anos ago)

      Oi Victor,

      na época eu não trabalhava, não tinha renda. Levei o IR dos meus pais sim e não foi problema!

      Responder
  5. Victor
    18 de maio de 2014 at 23:38 (5 anos ago)

    Ciao Anna! La vou eu te perturbar mais uma vez! rsrs

    Dessa vez minha dúvida é quanto a passagem aérea. A passagem precisa ser comprada ida volta, visto que no meu caso ficarei 3 anos estudando lá? Me falaram que tem uma modalidade de passagem com a volta em aberto. Você sabe algo sobre isso, pois não encontro quase nada! No seu caso, como funcionou?

    Obrigado!

    Responder
    • Anna
      Anna
      19 de maio de 2014 at 8:38 (5 anos ago)

      Oi Victor.

      Comprei ida e volta sim.
      Geralmente eles pedem isso para liberar o visto.
      No seu caso, bastante tempo, não sei se é assim que funciona. Tem que conversar no consulado e ver as opções direto com a cia aérea.
      Ligar e falar com eles, não ver por site.

      Até mais!

      Responder
  6. cimone
    6 de outubro de 2014 at 11:51 (5 anos ago)

    Oi Anna

    Preciso de uma informçao, tem uma menina de 17 anos que gostaria de vir estudar por um mes aqui na Italia… Ela gostaria de ser ospedada na minha casa porque assim os pais estariam mais tranquilos. Eu preciso saber o que tenho que fazer para ospedar ela na minha casa e o que ela teria que fazer ai no Brasil para poder vim para ca…

    Desde jà agradeço

    Responder
    • Anna
      Anna
      6 de outubro de 2014 at 18:47 (5 anos ago)

      Oi Cimone.

      Se ela vai ficar um mês, não precisará tirar visto especial, uma vez que brasileiro pode ficar até 3 meses na Itália.
      Então não precisa fazer nada.

      Como ela é de menor, vai precisar de uma autorização dos pais e era bom ter uma carta sua talvez com o endereço e tal, pra ela apresentar na entrada.

      Bacio.

      Responder
      • cimone
        8 de outubro de 2014 at 5:21 (5 anos ago)

        Grazie Anna

        Abbracci

        Responder
  7. Pedro
    6 de julho de 2016 at 11:13 (3 anos ago)

    oi,
    vou fazer intercâmbio por 5 meses em Milão, sobre a comprovação de meios para ficar lá, você acha que cartões de crédito e os holerites dos meus pais (que são os que vão efetivamente pagar pela minha viagem) são o suficientes para comprovação? E sobre a entrevista com o cônsul, tal entrevista é italiano ou em português?

    Responder
    • Anna
      Anna
      6 de julho de 2016 at 13:47 (3 anos ago)

      Oi Pedro.

      Dá sim, porque eu também levei o IR dos meus pais.
      A entrevista foi em português! em tranquilo!

      Responder
      • Pedro
        11 de julho de 2016 at 10:55 (3 anos ago)

        Muito obrigado!!!

        Responder
  8. Melissa
    3 de agosto de 2016 at 13:07 (3 anos ago)

    Olá,
    Estou indo para Milão em outubro morar por 1 ano e tenho muitas dúvidas rs.

    Assim como vc eu vou deixar para ver onde morar quando estiver em Milão, mas eu vi que no Consulado eles pedem endereço de onde vc vai morar na Itália. O que eu faço? Passo o endereço do hotel onde ficarei até encontrar um apartamento?

    Outra dúvida rs. Sobre o seguro saúde do formulário IB-2. Li no site do Ministerio da Saúde que vc deve ir no Ministério da Saúde em SP (no meu caso é o mais perto) para fazer a documentação e não no INSS da minha cidade. Ta certo isso?
    E os documentos para o seguro saúde fica pronto na hora?

    Parabéns pelo site! E desde já agradeço :)

    Responder
    • Anna
      Anna
      3 de agosto de 2016 at 13:23 (3 anos ago)

      Oi Melissa.

      Bom, no endereço você pode por o do hotel ou de alguém que conheça lá.
      No seguro, eu não fiz isso não!
      Pode ter mudado, não sei, mas eu comprei um seguro online mesmo. Pior que faz tanto tempo que eu não lembro o nome do site.
      Era muito mais econômico pra segurar por 1 ano. Mas eu não fui em Ministério algum, comprei via internet mesmo, paguei imprimi e levei. Ok nunca precisei usar, então na real não sei se ele funcionaria, mas acredito que sim. Muitos amigos meus na época também usaram esse seguro e foi tudo de boa.

      Pena que não lembro o nome! Na época não tinha o blog então muitos nomes e processos acabei esquecendo. (idade né, sabe como é hahaha). Mas é que já fazem 9 anos que fui morar lá, então…

      Bacione!

      Responder
  9. Mattia
    8 de novembro de 2017 at 7:21 (2 anos ago)

    Bom dia

    Sabem me dizer se para tirar visto de estudante é necessário passar por algumas provas?

    Responder
    • Anna
      Anna
      9 de novembro de 2017 at 8:19 (2 anos ago)

      Oi. Não são provas.
      Como mencionado no post, é necessário apresentar a documentação exigida e fazer uma entrevista no consulado.

      Até mais!

      Responder
  10. Elen
    29 de abril de 2018 at 20:14 (1 ano ago)

    Oi ana!! Preciso comprovar renda no consulado… Então eu vendi meu carro e depositei na minha conta poupança um valor que minha mãe me deu… Chegando a um valor de 20.000,00 referente para o pedido de visto de estudo para 1 Ano… Estes depósitos na minha conta e mais minha declaração de imposto de renda, servem para levar para o consulado??

    Responder
    • karina
      13 de maio de 2018 at 17:20 (1 ano ago)

      olá Ana! para comprovar renda posso apenas apresentar um comprovante do valor em conta poupança??

      Responder
      • Anna
        Anna
        14 de maio de 2018 at 8:47 (1 ano ago)

        Oi Karina.

        Você tem que apresentar o IR.

        Responder

Leave a Reply