Viagem de carro em outro país: dá boa ou é complicado?

Parece que ultimamente eu só faço viagens de carro, né? Mas não só parece, é isso mesmo. Na boa, tenho achado as passagens muito caras (tirando as de promoções relâmpago em dias totalmente aleatórios que eu nunca posso ir, e nem consigo comprar porque todo mundo compra antes). E também não tenho milhões de milhas igual todo mundo, não sei porquê. Nunca consigo acumular tanto. Me digam o que vocês fazem plmdds!

Mas enfim, a coisa é que viagem de carro em outro país é uma opção bem legal por vários motivos, mesmo que muita gente ache difícil, complicado, perigoso. Este post vem na sua vida pra desmistificar isso (porque um dia eu também não gostava dessa modalidade de viagem) e pra te dar uma mão, ou melhor, um volante pra cair nesse mundão.

Eu já fiz algumas viagens de carro fora daqui. Quais? Bom, tem aquela apenas maravilhosa de 18 dias pela Califórnia (que claramente envolveu um trecho aéreo); teve aquela também muito incrível saindo de Curitiba, passando por todo o Uruguai e pela Argentina (tudo de carro, sem aéreo envolvido); teve a última desse ano de 15 dias pelo nosso Estado, Paraná (ok essa não é fora do Brasil, mas é de carro tá contando na experiência). Também já dirigimos na Itália, ainda que brevemente, acho que vale um tiquinho na experiência outsider, hehe.

viagem de carro fora do país - carro

Na da Califórnia nós locamos carro, não tem como né. Não é tão caro e você acaba simplesmente trocando o preço de trechos aéreos ou de ônibus local pelo aluguel. Então ou dá na mesma ou você ainda economiza.

Na locação na Califórnia, tivemos um pequeno inconveniente porque a locadora demorou demaaaais pra nos atender e ainda deu um carro errado. Tivemos que trocar, mas tudo foi resolvido facilmente e contei nesse post aqui. Nas outras viagens fui com o meu mesmo. Em uma delas foi um valente Palio 1.0 e em outra um também valente HB20 1.0. Eles dão conta, viu? Não precisa ser um carro potentão, é só querer que dá boa.

VANTAGEM CARRO ALUGADO: você não fica tão apegado e emotivo quando passa por trechos mais vida loka que possam danificar algo do carro

VANTAGEM DO SEU: não precisa esperar horas pra ser atendido na locadora, já conhece teu carrinho e bem, não paga a locação. Mais economia.

viagem de carro fora do país - regras

Bem, cada lugar é diferente. Cada país cobra uma coisa, ainda que as leis de trânsito sejam basicamente as mesmas no mundo todo. Na Argentina todo mundo (todo mundo mesmo!) nos falou que os policiais eram meio sacanas e cobravam propinas e tal, mas conosco isso não aconteceu. Acho que somos aquele 1% hein?

Quando viajei fora do país, apenas no Uruguai foi cobrada uma documentação diferente, a Carta Verde, que é obrigatória pra transitar nos países do Mercosul, mas foi facílimo de fazer e tudo. Cada país terá alguma exigência, mas gente, a internet tá aí pra todo mundo pesquisar, sem contar os milhares de blogs contando o que precisa. É só dar um Google e pronto. Hoje em dia é muito fácil descobrir a documentação e cuidados necessários pra cada estrada.

A carteira internacional nunca tirei, nunca cobraram, nunca nada. Eu dirigi na Itália também, loquei carro lá por uns dias (não foi uma super road trip, nem to contando como uma), e nunca em nenhuma locação fora, me cobraram a carteira internacional. E sim, eles verificam seu documento para locar o carro. Você precisa ter um documento dizendo que você sabe dirigir, tá? Não força.

viagem de carro fora do país - estradas

Na Califórnia é tudo maravilhoso. Estrada tranquila, perfeita, lisinha. Se bem que na Argentina e no Uruguai também foi uma tranquilidade que só! As estradas que passamos fora daqui não tem absolutamente nada a ver com aqui. Enquanto aqui as estradas são esburacadas, detonadas, cheias de caminhão, aquele trânsito infernal e pedágios caros… fora do Brasil a vida é outra, pelo menos nos 3 países que passamos de carro.

Estradas perfeitas, movimento leve – e olha que todas as viagens foram feitas no período Natal-Ano Novo, época mais conturbada da vida!

Sem contar que caminhão nas estradas é coisa rara. Quando o país investe em ferrovias, a vida na estrada é muito melhor. O único movimento maior de carros é na entrada e saída de grandes cidades. Pra entrar em Buenos Aires é uma confusão, muito movimento, bem como em Los Angeles. Tirando isso, vai na fé!

viagem de carro fora do país - vantagens

Surpresinha na estrada ligando Córdoba a Villa Belgrano. Uma represa linda no meio do nada! Não sabíamos de nada disso, foi surpresa por estar na estrada.

Vale demais a pena fazer uma viagem de carro, sendo o seu ou um alugado. A economia é bem grande para todos os traslados, para ir de um lugar pro outro na cidade, para ir a lugar diferentes e mais afastados. Não precisa pegar mais avião dentro de um país, menos fila e tempo pra embarque e desembarque, não precisa contratar agências pra levar daqui ali cobrando demais.

Sem contar que dá para ver, conhecer, passar e lugares legais, diferentes e não tão turistões. Tem um monte de surpresas nos caminhos, paradas inusitadas e muito mais opções pra viagem toda.

A documentação não é um bicho de 7 cabeças, e as estradas fora do Brasil são em maioria muito melhores, boas e vazias. Tem menos pedágios, com preços geralmente mais amigáveis (os do Paraná são absurdos!) e é super fácil mesmo.

E adivinha? Quem vai fazer uma viagem de carro pra outro país no final do ano de novo? \o #surpresaaaa

A rota da Cerveja em Pinhais, região metropolitana de Curitiba

Neste feriado tivemos a 6ª edição do Curitiblogando, aquele evento que nós e mais alguns amigos blogueiros de Curitiba fazemos pra trazer mais blogs de fora para mostrar (exibir mesmo, porque Curi é demais) a nossa cidade.

Nesta edição fomos bem específicos e fizemos com tema Cervejas Artesanais. Não sei se vocês sabem, mas a grande Curitiba é um dos grandes pólos de cerveja artesanal do país e já tem destaque mundial por conta de algumas cervejas que saem daqui. Aproveitamos o momento e levamos o pessoal para fazer diversos roteiros cervejeiros por aqui, e um deles foi A Rota da Cerveja em Pinhais.

rota da cerveja pinhais

Nosso passeio começou com o ônibus buscando a gente na frente do Shopping Mueller. De lá seguimos para Pinhais para visitar 4 microcervejarias, acompanhados da Glacy, que foi nossa super guia do roteiro.

Quando a gente faz a rota da cerveja em Pinhais, ganhamos no início do passeio um passaporte. Ali constam todas as informações sobre a rota, contatos das cervejarias e tudo o mais, e nele você vai colocando as etiquetas das cervejarias visitadas para, no final, ganhar um copo personalizado da rota.

rota da cerveja pinhais

Eu acho bem legal essa coisa de passaporte de tour, sabe? Acho que dá uma interatividade legal, você já fica com uma recordação bacana, se não terminar tudo em um dia pode voltar e continuar a completar… acho bem interessante isso mesmo.

Mas voltando à rota, nós passamos pela Way Beer, pela Bastards, pela Ovelha e como a 4ª cervejaria oficial do tour, a Oner, não pode nos receber nesse feriado, paramos na ultra novíssima em finalização ainda, Don Gentilis.

way rota da cerveja pinhais

Na Way e na Bastards visitamos a fábrica completa, e inclusive pudemos pegar e até comer os ingredientes das cervejas. O processo é basicamente o mesmo em todas, claro, com alguns detalhes diferentes, o que caracteriza cada cervejaria. Nas duas fábricas fomos muito bem recebidos e guiados em passeios bem completos.

cervejaria way rota da cerveja pinhais

Na Bastards tiramos o chope direto do tanque, e em ambas experimentamos 2 opções de cerveja. Como estávamos em um grupo grande de amigos, o legal foi que cada um pegou um tipo e pudemos experimentar todas as opções. Maravilhoso né?

bastards rota da cervejaNa Bastards precisamos colocar essas touquinhas. E eu no meu momento blogueirinha de moda nas cervejarias, me deixem.

bastards rota da cerveja pinhais

Na Ovelha já não fizemos visitação à fábrica, até pra não ficar uma coisa tão repetitiva. Eles tem um espaço bem legal para receber o pessoal, super aconchegante e também pudemos experimentar mais 2 cervejas cada um. Perceberam que a coisa é bem alcoólica né?

cervejaria ovelha rota da cerveja pinhais

Como falei, não paramos na Oner, mas sim na Don Gentilis, uma cervejaria que está em fase de término de montagem e vai abrir no próximo mês. O dono nos recebeu extremamente bem, nos contou a história da cervejaria, da família, do nome, e, como não tinha cerveja pronta ali na hora, nos deu um mimo bem legal: uma garrafinha de água com pacotinhos dos insumos para fazer uma boa cerveja. Esse já foi o convite para retornarmos na abertura da fábrica, que mostraremos mais tarde aqui também.

pinhais rota da cervejaO mimo da Don Gentilis e a galera toda reunida na Way e na Ovelha (de cima pra baixo)

A Rota da Cerveja em Pinhais é organizada pela Prefeitura da cidade. Você pode fazer o passeio sozinho, agendando com cada cervejaria. Desta forma, paga-se R$ 20 por cervejaria. Caso haja um grupo de no mínimo 15 pessoas, é possível agendar com o ônibus como nós fizemos. O preço varia conforme quantidade de pessoas e cervejarias, ele é personalizado para o seu passeio. Mais informações neste link.

VI Curitiblogando

Paraíso das Trutas, almoço na região metropolitana de Curitiba

Depois de muitos (muitos mesmo!) finais de semana trabalhando ou dançando, por fim tive um sábado livre pra passear. Ufa! Aliás, a gente tá bem sumida daqui mesmo, mas é porque estamos tarabalhando muitão mesmo, e como ter trabalho é bom, então tá tudo bem, né?

Aí nesse enfim sábado livre, meu namorado me convidou pra passear em um lugar diferente, e claro que eu não recuso nem um convite dele e nem um convite pra passeio diferente. Não sou boba!

Até então não sabia onde íamos – e isso foi em parte ruim porque eu fui com um look não totalmente adequado pro passeio e até passei frio, mas tá tudo certo – só sabia que era longe: em Piraquara, região metropolitana de Curitiba. Na real mesmo, era Piraquara, entrando em uma estrada de terra mais um bom tanto, dentro de um condomínio de chácaras já na Serra. No total, fica a 27km de Curitiba, ok?

Nós fomos conhecer o Paraíso das Trutas, como o nome já diz, lá tem trutas, haha! O local é bem rústico, uma casa de madeira construída em cima de um lago (ou rio, não sei bem ao certo) e ali é servido um almoço buffet livre com tudo incluso. E com tudo digo: almoço liberado, sobremesa E bebidas.

casa paraíso das trutasSabe uma casa assim de filme, em cima da água, no meio do mato, meio vai vir uma Anaconda aqui e tal? Foi a 1ª coisa que pensei quando vi a casa de madeira em cima do rio.

No buffet tem alguns pratos de peixe; tem um bolinho de truta que meudeus, que coisa maravilhosa; tem barreado; saladas; frango; lasanha. São mais ou menos 6 opções de sucos, e mais umas 4 sobremesas. E assim, não é uma parada gourmet. É comida de gente real, comida de casa, comida sincera.

paraíso das trutas piraquara

O Paraíso das Trutas fica em uma propriedade particular cheia de trilhas e muito verde. Tem trilha susse, tem trilha mais ou menos e tem trilha trilha! Nós não chegamos a fazer nenhuma por alguns motivos: 1.lá estava consideravelmente mais frio que aqui, e não fomos vestidos de acordo; 2.não fui vestida com look trilha at all haha; 3.chegamos lá meio tarde já, quase 14h, e aí seria ideal fazer a trilha antes do almoço. Então a parte do “vamos fazer uma trilha e depois almoçar gostoso” foi meio #fail, porque só deu pra almoçar gostoso.

paraíso das trutas piraquara

O almoço com tudo incluído custa R$ 70 por pessoa, e se for fazer alguma trilha, o dono ainda ofereceu uma água pra cada um, pra né, ficar hidratado. Achei isso bem simpático e interessante pra quem vai explorar a área. Ponto bem positivo.

O Paraíso das Trutas fica em Piraquara e na verdade é super fácil chegar lá. Chegou em Piraquara, continua reto na principal. Reto, reto, reto e vai ter uma placa indicando virar à direita pro Paraíso. Dali pra frente tem placa por tudo. É realmente fácil e não tem como se perder. Aqui tem o site deles, pra você saber um pouco mais. Eles abrem todos os finais de semana.

paraíso das trutas em piraquara

VI Curitiblogando e o Outubro Rosa

E se a gente voltar a postar contando uma novidade e lançando uma campanha bem legal pro Outubro Rosa? Pois bem, é isso que vai acontecer nesse exato postinho!

Vocês sabem que somos de Curitiba e que aqui fazemos parte de um grupo de blogueiros viajantes que organiza um evento chamado Curitiblogando (sucesso absoluto, maravilhoso, hit, case blogueiro), né? Pois bem, estamos organizando a VI edição do encontro e, em outubro receberemos 10 blogueiros de fora para mostrar mais de Curitiba e divulgar nossa cidade. Esse ano escolhemos fazer diferente: o encontro vai ter um tema, e como a cidade já entrou como referência mundial em produção de cervejas artesanais… adivinha… vai ser Curitiblogando cervejeiro!

Curitiblogando

E toda vez que a gente faz Curitiblogando, junto fazemos uma campanha de doações para arrecadar itens que instituições de Curitiba precisem.

Como este ano o evento será em Outubro, escolhemos trabalhar com a temática do Outubro Rosa, e recolher itens para a instituição Amigas da Mama. Precisamos de 2 coisinhas:

- lenços (usados ou novos);

- itens de higiene pessoal.

Ambos podem ser entregues no nosso super parceiro dessa edição, o Ibis Styles Centro Cívico, que fica na R. Mateus Leme, 358, meia quadra do Shopping Mueller. Eles estão nos ajudando nessa edição, serão a casa dos blogueiros convidados para o encontro e os produtos podem todos ser entregues lá até o dia 15/10, ou seja, tem 1 mês de campanha.

Ficaremos todos muito felizes se você puder contribuir nessa ação. E mais, se você for das cidades: São Paulo, Campinas, Belo Horizonte, Porto Alegre ou Uberlândia e quiser contribuir, manda uma mensagem aqui pra gente porque temos como otimizar a vinda desses produtos pra cá e engordar a campanha!

Vem, ajuda a gente a ajudar mais gente! E fica ligado que vai ter muita cerveja aqui em breve, hehe =D

Curitiblogando outubro rosa

Bar da Brahma Curitiba: o tradicional que está cheio de novidades

O Bar da Brahma todo curitibano conhece certamente. Ele é um dos bares já tradicionais da cidade, com seus 18 anos nas costas (e olha que isso é muito tempo pra bar durar em Curitiba, hein, haha), muita história, curiosidades de fábrica e muita cerveja!

bar brahma curitiba

O bar é cheio de memórias, uma coisa que eu particularmente acho muito legal e me atrai demais. Adoro conhecer a história dos lugares, ver fotos de produção, fotos de antigamente, materiais gráficos de anos atrás… e o Bar da Brahma Curitiba tem disso tudo por todos os lados. Sem contar uma coleção absolutamente incrível de canecas no teto da casa toda.

decoração bar brahma

Além de serem conhecidíssimos pelo lado histórico da marca e pelos chopps, agora eles estão cheíssimos de novidades. Pra começar que só lá que encontramos a mandioca suíça. Sim, exatamente, não é batata suíça, é mandioca! Ela é igual, mas diferente. Além do sabor que muda por motivos óbvios de ser outro ingrediente, a crocância é totalmente outra. É muiiiiito mais crocante. Nós 4 aqui deste bloguinho experimentamos e aprovamos. E vocês sabem que a Mari é vegetariana, né? Lá tem opção sem carne sim. Ponto positivo vezes 2: crocância e opção vegetariana.

mandioca suíça bar brahma

Aí no inverno eles vem e lançam o que? Um cardápio de sopa + vinho por R$ 19,90, com 5 opções de sopa. E pode escolher entre vinho e quentão pra acompanhar. Acho que esse preço está muito legal pro combo quentinho. Vale muito a pena, principalmente porque o Bar da Brahma Curitiba não cobra entrada.

Acabou? Não, não acabou. Não satisfeitos, veio o fondue de brigadeiro a R$ 17,90 ou, se você quiser algo mais light, tem o brigadeiro simples de colher, por R$ 7,90. Sem contar as outras sobremesas, como o clássico brownie com sorvete e os mini churros.

Bar brahma curitiba sobremesas

Bar da Brahma Curitiba:

Av. Pres. Getúlio Vargas, 234 – Rebouças

Segunda a Quinta das 17h às 00h. Sexta e Sábado das 17h às 2h. Domingo fechado. 

1 2 3 309