Searching for "Orquestra de Cartagena"

Orquestra de Cartagena

Quando estávamos em Cartagena, teve o Fête de La Musique na cidade. Na realidade chegamos já no final do evento e só conseguimos ir em uma apresentação, a de encerramento. Sabe como é, estávamos lá, tranquilas, não tinha uma balada pra ir, tinha isso, era de graça… por que não?

Pra começar que o teatro era super bonito, realmente não esperava encontrar isso por lá:

Não estava muito cheio, então pegamos um lugar bom pra caramba. (tirando o fato de uma criança monga atrás de mim que queria ficar chamando a atenção)

A orquestra desafinava um pouquinho, mas era boa mesmo assim. Gravei algumas partes e juntei aqui pra vocês verem/ouvirem.

O melhor de tudo, foi o que aconteceu durante a troca de maestros. Bom, trocaram 3x de maestro. Quando foi a última troca… de repente entra um cara com fone de ouvido e meio cabisbaixo… mas todo o teatro aplaudiu horrores e tal. Dai ele pega o cavalete com as notas e tira de lá e saí e nisso, o maestro de verdade entrou pelo outro lado e ninguém aplaudiu.

A galera aplaudiu o cara da produção achando que era o maestro e o pobre maestro – que inclusive foi o melhor da noite – ficou lá, ignorado. Momento #fail pro maestro 3.

Hostel Marlin – Cartagena

Gente, Colômbia. Colômbia em viagens econômicas. Acho que essa especificação já serve para falar sobre o hostel que ficamos em Cartagena. Pra começar que viajamos com milhas (iei!), em Bogotá fizemos Couchsurfing, América do Sul tem comida barata… ou seja, não queríamos gastar muito nessa viagem, então optamos por um hostel barateza mesmo.

De qualquer forma não ficamos em lugar sem uma indicaçãozinha, e quem me indicou esse foi a Milena, a comissária da Emirates que deu uma entrevista aqui pra gente, lembram? Então não teve dúvida, pegamos o mesmo pra garantir, o Hostel Marlin. (até porque nas minhas buscas de hostel barato em Cartagena, só tinha coisa xexelenta e sempre rola um pé atrás)

Bem… hostel barateza em Cartagena = nenhuma maravilha #confesso

Mas sabe o que? Deu bem certo para o que precisávamos. Aparentemente, a rua do hostel não parece muito segura, mas quem vê cara não vê coração. Andamos por lá numa boa e não vimos nada de errado. Tem alguns barzinhos de salsa ali perto, mas isso não atrapalhou em nada. A noite não teve barulhada chata e também por sorte pegamos um quarto mais pro meio do hostel.

Quarto pequeno, mas com banheiro privativo e tv local. Novelas colombianas, eu indico.

O banheiro não tinha porta, era uma cortina apenas, mas me surpreendeu que todo dia tinha serviço de quarto, roupa de cama limpa, toalhas, sabonete. Simples porém suficiente. Um grande problema: não tem ar condicionado e o ventilador não dá conta do calor de Cartagena. Fomos pra lá no “inverno” e fazia 35º todos os dias o dia inteiro.

A dica se for pra lá e ficar em um hotel ou hostel simples é que você vai ter que ignorar o fato de que vai derreter de calor e ficar oleoso e feio o dia todo. Superando esse fato, sua viagem será incrível, porque Cartagena é o máximo e merece ser visitada!

O hostel fica no Centro Getsmani, calle Media Luna, 10-35. Acesso fácil para o centro histórico, é uma caminhada de umas 3 quadras até lá. As tarifas giram em torno de USD 25/pessoa.

Se achou esse hostel muito mais ou menos tipo eu, no site da HostelBookers tem outras opções. O Marlin aparece ali no meio também como um dos mais baratos. Nas opções os preços variam bastante, de R$ 25 a R$ 497! Bastante diferença, pois as opções em Cartagena são bastante opostas: ou é muito chique ou é muito simples.

MAIS SOBRE A COLÔMBIA:

10 motivos para ir a Colômbia

Compras na Colômbia

Bebidas colombianas

Uchuvas, uma fruta que você vai querer experimentar na Colômbia

Andrés Carne de Res, o restaurante mais bacana do mundo!

Hostel Marlin Cartagena

– Castello de San Felipe de Barajas

– Usaquén

– La Candelaria em Bogotá

– Onde comer em Bogotá

Museu do Ouro em Bogotá

– Zona Rosa – Bogotá

– Onde comer em Cartagena

Onde comer em Cartagena: Mila Vargas

– Cerro Monserrate, para ter uma vista incrível de Bogotá

– Centro Histórico de Cartagena

Orquestra de Cartagena

Portas de Cartagena

– Playa Blanca

– Catedral de Sal

Onde comer em Cartagena: Mila Vargas

No post sobre onde comer em Cartagena eu não mencionei este lugar, mas não foi porque esqueci, foi porque ele merece um post só dele, de tão tudo que é!

Descobrimos por acaso enquanto íamos em direção ao teatro assistir a Orquestra e achamos tão fofo que resolvemos entrar e experimentar. Ele fica precisamente na Carrera 4 35-76 Calle de la Iglesia. Não é dos mais baratos, mas a comida é muito bem servida, gostosa e o lugar lindinho.

Lá tem um cardápio com café da manhã – com opções completas -, almoço, sanduíches, doces, tortas e sucos deliciosos. Além dos cafés bacanééérrimos.

Na primeira vez que fomos era jantar e pedimos sanduíches. Não é nada pão com hambúrguer, é tudo mais elaborado. O meu era com frango e o da minha amiga com frutos do mar. E tudo com banana chips, que são sensacionais, diga-se de passagem.

Na segunda vez que fomos, era almoço. Minha amiga pediu um quiche que estava delicioso e eu pedi um prato com carne. Olha que mágica essa decoração:

(só pra constar, a firula ali no meu prato, era arroz e pimenta)

De sobremesa, uns docinhos né? Tinham vários lindos pra escolhermos, mas além de meio caros – cerca de R$ 2,00 cada bombom – não aguentava mais comer.

Minha amiga pediu esse brownie clássico super charmoso e dengoso:

Eu fui mais ousada e pedi docinhos: trufa de amendoim, trufa de chocolate e esse mini sanduichinho de sei lá o que com coco. Uma delícia. Adorei o de amendoim, e fiquei rica comendo o que tem pó de ouro em cima.

E lembra que comentei dos cafés? Na mesa do lado a moça pediu um, e olha que-charme o jeito que eles servem:

PASSA O CAFÉ NA SUA FRENTE! Não é sensacional? Eu achei!

Ah, achei legal que eles escrevem todo o menu em espelhos em cima dos balcões e o melhor de tudo é que o lugar tem um ar condicionado bem tendência… menos no banheiro, que você se sente como um frango dentro do forno. Juro!

Queria ter tido mais tempo para experimentar outras delicias do lugar, mas né, fica pra pórxima!

Onde comer em Cartagena

Já comentei certa vez que lugar pra comer em Cartagena é o que não-falta! Cada esquina é um lugar bacana pra experimentar. Como não ficamos muito lá, não deu pra experimentar todos, mas confesso que repetimos dois lugares porque gostamos demais, demais, DEMAIS.

Nosso primeiro restaurante em Cartagena foi um que tem por toda Colômbia, o Crepes & Waffles. O lugar é bem bacana e tem muuuita opção, não só crepes e waffles. Tem salada, tem massa, tem sopa no pão, tem muita coisa. E o que achei legal é que eles tem várias opções para vegetarianos (não que eu seja uma, mas acho legal quando os lugares se importam com estes seres herbívoros).

De prima, pedimos crepes clássico né? Eu pedi um de queijo, frango e brócolis que tava uma coisa mais divida do mundo, mas confesso que com o tempo o queijo fica meio forte, começa a enjoar no final. O suco foi algo que achei meio bizarrão mesmo, meu suco de amora tinha gosto de tudo, menos de amora. O da minha amiga também estava meio esquisitão. Não curti e na segunda vez que fui achei mais seguro pedir uma Coca.

Na segunda vez, pedimos crepe bolonhesa – muuito bem servido – e um strogonoff no pão, também extremamente bem servido e cheio de champignon, que eu nem curto e tive que ficar catando. Nem consegui terminar metade do pão com strogo!

Estávamos bem cheinhas, mas não dava pra sair de lá sem comer um crepe doce. Dividimos um clássico nutella + banana. Arrematou a noite com chave de ouro. Os pratos + bebida + sobremesa não saíram mais do que R$ 30 (pra cada), ou seja, preço bem bom.

Um lugar que sempre vou em viagem é o Hard Rock Café. Já comentei em vários posts que estive no restaurante, e mesmo sendo um pouco mais caro, eu adoro lá. Além de ter certeza que a comida vai ser boa. A única coisa que não curtimos nesse de Cartagena é que o garçom não-parava de vir na mesa perguntar se a gente queria algo e se estava tudo bem. Ok ser atencioso, mas por favor não exagere. Hehe.

Eu pedi um frango com vagem e purê, minha amiga um mac and cheese. Ambos estavam absurdamente bons… além de muito bem servidos. Fui bem feliz nesse almoço… nem coube sobremesa!

Como eu falei, ele é mais caro que os outros, mas é bem servido. O Hard Rock Cartagena fica na Plaza de la Aduana, bem fácil de achar, já que fica logo na entrada do centro histórico. (passe pelo relógio, vá para esquerda e já é a segunda praça!)

Por último um lugar alternativaço, que achamos sem querer. Aliás, vi o panfleto no hostel, vi que era perto e fomos conferir. Na realidade é uma confeitaria/café chamada Corazón de Melón (fofo né?). Ele fica no Centro Getsmani, meio afastado do movimento normal da cidade.

O lugar é pequeno e tem aquela vibe mais caseira e familiar de ser. Tem uns cupcakes e umas tortas bacanitchas, mas não foi isso que comemos. É tudo bem arrumadinho e os preços são baratos.

Lá comi um crepe de queijo e presunto. Estava bom, mas achei um pouco gorduroso demais. Não lembro ao certo, mas o preço era em torno de R$ 4,50, e bem servido.

Lá eu conheci um suco diferenciado: limonada de coco. Oi q? Sim, bem isso… limonada de coco! Pedimos só pra ver qual era né. E sabe que… era bom! Eu não aguentaria uma jarra inteira acho, mas minha amiga aguentou. He. Achei curioso, nunca tinha ouvido falar e depois vimos em outros restaurantes também.

Alguém já viu esse suco por aí? Ou será que é algo típico colombiano, tipo o nosso açaí?

MAIS SOBRE A COLÔMBIA:

10 motivos para ir a Colômbia

Compras na Colômbia

Bebidas colombianas

Uchuvas, uma fruta que você vai querer experimentar na Colômbia

Andrés Carne de Res, o restaurante mais bacana do mundo!

Hostel Marlin Cartagena

– Castello de San Felipe de Barajas

– Usaquén

– La Candelaria em Bogotá

– Onde comer em Bogotá

Museu do Ouro em Bogotá

– Zona Rosa – Bogotá

– Onde comer em Cartagena

Onde comer em Cartagena: Mila Vargas

– Cerro Monserrate, para ter uma vista incrível de Bogotá

– Centro Histórico de Cartagena

Orquestra de Cartagena

Portas de Cartagena

– Playa Blanca

– Catedral de Sal

10 motivos para ir a Colômbia

Eu sei que a Colômbia deve estar bem pro final da sua lista de destinos, ela também estava no final da minha. Mas daí eu encontrei passagens com milhas e resolvi ir pra lá, meio assim, sem saber muito, com a cara e com a coragem.

Bogotá e Cartagena me surpreenderam bastante, e acho que você pode colocar a Colômbia mais pra cima na sua lista sim! E pra te convencer, dou 10 motivos pra isso:

01 Comer no Restaurante Andrés Carne de Res

O lugar é o máximo, inclusive ouso dizer que é o restaurante mais legal que já fui na minha vida! Comida excelente, ambiente incrível, proposta muito diferente e preço adequado. O legal é ir no final da tarde para jantar e já ficar pra balada. Tem uma sede em Bogotá, no zona Rosa e outra mais legal e bem maior na região de Chias, um pouco mais longe da capital.

02 Taxi é muito barato e vale a pena

Bogotá é uma cidade enorme…. enorme mesmo. E não tem zilhões de pontos turísticos como as cidades européias, tudo no centro e fácil. As coisas legais ficam uma em cada lado da capital. Se fosse em Curitiba, isso seria um grande problema, já que o taxi aqui é caro. Lá a coisa é diferente, é muuuuuuuuuuuuuuuuito barato. Vale muito mais a pena pegar um taxi e atravessar a cidade vendo o trânsito maluco e ouvindo salsa na rádio, do que tentar se aventurar no sistema público de ônibus.

Dá pra atravessar a cidade com R$ 20 a corrida. Normalmente viajamos acompanhados, então dá pra dividir a conta e fica ainda mais barato. Em Cartagena é a mesma coisa. Do aeroporto pro centro vai gastar ai seus R$ 35 (dependendo da conversão atual da moeda).

03 É muito verão!

Pra quem gosta de calor, Cartagena mais ao norte é o point. Pra se ter idéia, estive lá no inverno. Fazia 35º! Não sei como as pessoas conseguem andar de calça jeans por lá.

04 Uchuvas

Conhecemos lá uma fruta nova: as uchuvas. São muito boas e você encontra em todo lugar. Lembrando que são frutas e é preciso lavar bem antes de comer, já que vai com casca e tudo. Em nenhum outro lugar vi isso, mas sei que em alguns países mais pra cima da América do Sul tem também, como no Equador.

05 Cerveja Aguila

Marca de cerveja diferente é o que mais tem por lá. Experimentamos várias e a Aguila foi “tendência”. Nunca tinha ouvido falar, mas é uma cerveja super premiada e nada melhor do que uma cerveja top pra refrescar no verão inverno de mais de 30º, certo?

06 As cores de Cartagena

Assim como o bairro La Boca em Buenos Aires, e as casinhas coloridas na Costa Amalfitana na Itália, Cartagena é uma profusão de cores que só. Passear na cidade murada é como se sentir em um cenário de conto de fadas talvez. Tudo coloridinho e organizado, diferente do caso do bairro La Boca, que é tudo bagunçado.

Aqui rola organização, pintura decente, quase nada de pichação nos muros, portas coloridas com batentes trabalhados, casinhas com sacadas floridas. Tudo contribui para o cenário e claro, para as fotos.

07 Museu do Ouro

Como diria Kadijah “quero muito ouro”. Em Bogotá tem um museu incrível, o museu do ouro. É muito bacana, enorme, bem organizado, com peças lindíssimas, um trabalho manual absurdo. O passeio é barato (R$ 3), central, fácil chegar e de achar. Dá pra ir sozinho, com família, amigos, papagaio… Dê uma paradinha por lá, é muito ouro!!

08 Mar do Caribe

Mar paradisíaco sem preço de Caribe, o que só pode ser a melhor parte. Lá pra cima, em Cartagena, a praia é feinha… mas é dali que você pega barco para as várias ilhas e praias das redondezas. E ahhhh, o mar é sensacional. Lindo, limpo e quentinho, pra ficar muitas horas relaxando. Já falei que já é parte de mar caribenho com preço normal?

Então…

09 A salsa

Se você não gosta de salsa, vai sair de lá gostando, não tem como. É salsa pra tudo quanto é lado! Vários bares com salsa, na tv, nas rádios… taxi então… é salsa na certa. Aproveite pra entrar no clima mais do que latino, afinal, não vai ter como escapar mesmo, hehe.

10 Andar de lhama no centro de Bogotá

Ahhh fala sério, quem não curte o momento criança de vez em quando? Em Bogotá você pode andar de lhama no meio da praça mais central da cidade. Tem várias opções pra você se divertir. O passeio custa cerca de R$ 10.

E aí, ficou mais afim de ir pra Colômbia agora né? Acho que só o passeio de lhama já valeria o post todo (brincadeira). Tem muita coisa legal por lá, que tal se aventurar na América do Sul? Perto, barato, em poucos dias dá pra conhecer bastante coisa diferente. =)

MAIS SOBRE A COLÔMBIA:

Compras na Colômbia

Bebidas colombianas

Uchuvas, uma fruta que você vai querer experimentar na Colômbia

Andrés Carne de Res, o restaurante mais bacana do mundo!

Hostel Marlin Cartagena

– Castello de San Felipe de Barajas

– Usaquén

– La Candelaria em Bogotá

– Onde comer em Bogotá

Museu do Ouro em Bogotá

– Zona Rosa – Bogotá

– Onde comer em Cartagena

Onde comer em Cartagena: Mila Vargas

– Cerro Monserrate, para ter uma vista incrível de Bogotá

– Centro Histórico de Cartagena

Orquestra de Cartagena

Portas de Cartagena

– Playa Blanca

– Catedral de Sal

Castello de San Felipe de Barajas

Se tem uma coisa que eu adoro visitar é castelo. Acho tão legal, tão cheio de histórias… e como descobri que em Cartagena tinha um castelo, fui conferir, of course.

O castelo é o de San Felipe de Barajas – vide título – e é a maior obra militar espanhola por aqui e começaram a construir em 1.536.

Dá pra ir a pé do centro numa boa, a não ser que seja muito preguiçoso e queira pegar um táxi. Tá, se estiver muito calor a gente permite que vá de táxi. De antemão já digo: leve água, muita água. Tem que subir bastante a pé e é mega quente.

Bom, pra falar a verdade, achei super cara a entrada pro castelo, R$ 17. Pô, sério né? Um castelo de pedra na Colômbia? Enfim… fomos na esperança de algo extremamente legal… mas isso nunca chegou.

Não achei naaaaaaaaaaaada demais nesse castelo, bem fraquinho mesmo. Ele está quase todo destruído, só tem umas câmeras internas que você pode entrar e se sentir sufocado com o calor.

Lá em cima tem uma vista bonita, da cidade toda, mas é basicamente só isso. Se tiver pouco tempo, nem recomendo que vá ali. É preferível ir para as ilhas vizinhas e praias caribenhas.

Quando fomos tinha uma excursão de colégio com zilhões de crianças correndo e gritando em “colombianês” e se matando e aaaahhhhhh.

Lá em cima tem uma lojinha bizarra. BIZARRA. Cuidado.

MAIS SOBRE A COLÔMBIA:

10 motivos para ir a Colômbia

Compras na Colômbia

Bebidas colombianas

Uchuvas, uma fruta que você vai querer experimentar na Colômbia

Andrés Carne de Res, o restaurante mais bacana do mundo!

Hostel Marlin Cartagena

– Castello de San Felipe de Barajas

– Usaquén

– La Candelaria em Bogotá

– Onde comer em Bogotá

Museu do Ouro em Bogotá

– Zona Rosa – Bogotá

– Onde comer em Cartagena

Onde comer em Cartagena: Mila Vargas

– Cerro Monserrate, para ter uma vista incrível de Bogotá

– Centro Histórico de Cartagena

Orquestra de Cartagena

Portas de Cartagena

– Playa Blanca

– Catedral de Sal

 

Usaquén, bairro descolado em Bogotá

Taí outro bairro super bacana em Bogotá, Usaquén. Quando fiz minhas pesquisas antes de ir pra lá também não li nada sobre, assim como aquela igreja Tim Burton no centro histórico da cidade (que falei aqui). Quem indicou foi a mãe da menina que nos hospedou em couch surfing.

Nós queríamos passear em um lugar gostoso, com coisas pra ver, restaurantes… aquelas coisas bem de turista mesmo, e olha foi A dica. O bairro é super delicioso e estava um sol lindo quando fomos. Chegamos de táxi e paramos em um shopping que tem ali. Na realidade não é shopping tipo aqui… era uma galeria gigante. Mas nem vale a entrada, achamos bem pobre de coisas, e umas lojas nadavê assim. Local meio escuro e feião por dentro. Entramos por 3 minutos, trocamos dinheiro (porque ali tem bastante casa de câmbio) e só, fomos pra rua.

Foi lá que tomamos café no Camino del Café e almoçamos no Mr. Ribs. Também foi lá que achei meu caderninho pro scrapbook da viagem, em uma loja super bacana chamada Talento Colombiano, na Calle 119. Lá é um bom lugar para comprar artesanato e presentes fofos e bem feitos da Colômbia. E não é tão caro não! Preço bem acessível e justo.

A loja fica no sobrepiso e na verdade nem íamos entrar, mas tinha uma vendedora na porta e chamou para entrarmos… Estávamos só passeando, então que mal teria? Valeu a pena.

Na rua transversal à essa loja – Carrera 6º -, entenda como a rua que passa na frente da Igreja Parroquia Santa Barbara e no Mr. Ribs, tem uma loja LINDISSIMA de ímãs coloridos e LINDOS, haha. A loja já é toda colorida de fora, e tem coisas pra decoração de quarto infantil, e bichinhos, ímãs, porta retratos, etc. É uma graça a loja, e tudo feito a mão por eles. Confesso que achei um pouco caro e fiquei morrendo de vontade de comprar coisas. Mas pensei duas vezes antes, meio que não teria onde por. =(

Também achamos esse restaurante com a temática mística-tarot. Não chegamos a entrar, é uma comida estranha típica colombiana, mas chamou nossa atenção ver o menu todo do lado de fora e atrás de cartas de tarot. Por dentro era todo decorado místico. Diferenciado né?

O preço era bem aprazível, mas ficamos com medo de ler nosso futuro num prato de comida. Há. Pra chegar lá é só subir a Calle 119 – a mesma da loja Talento Colombiano – 2 quadras pra cima, até uma rua principal e então virar à esquerda. Super fácil.

MAIS SOBRE A COLÔMBIA:

10 motivos para ir a Colômbia

Compras na Colômbia

Bebidas colombianas

Uchuvas, uma fruta que você vai querer experimentar na Colômbia

Andrés Carne de Res, o restaurante mais bacana do mundo!

Hostel Marlin Cartagena

– Castello de San Felipe de Barajas

– Usaquén

– La Candelaria em Bogotá

– Onde comer em Bogotá

Museu do Ouro em Bogotá

– Zona Rosa – Bogotá

– Onde comer em Cartagena

Onde comer em Cartagena: Mila Vargas

– Cerro Monserrate, para ter uma vista incrível de Bogotá

– Centro Histórico de Cartagena

Orquestra de Cartagena

Portas de Cartagena

– Playa Blanca

– Catedral de Sal

La Candelaria em Bogotá

Não não não… não estamos falando da Igreja da Candelaria no Rio – que aliás é muito bonita. Agora é a vez do bairro histórico de Bogotá, que demorou, mas chegou aqui.

Bom, Bogotá foi um lugar que achei que seria mais perigosão (só queria comentar que fui pra Colômbia sem seguro viagem, tenso? s ou n?), mais medo e tal, mas no fim foi muito tranquilo. É ali perto que tem o Museu do Ouro e a Plaza Bolívar, que é gigantesca e cheia de gente e vendedor ambulante e passeios de lhamas, e bagunça e confusão. Aquela coisa básica de centro de cidade.

Na praça tem a Catedral, bem grande e bonita, mas quando fomos estava tendo missa e meio que não pudemos conhecer muito. Meio chato né? Galera rezando e agente turistando tirando foto e mais foto.

Andando pelo arredores e ali pra trás da Catedral é que vemos a Candelaria, com casinhas pequenas e coloridas em ruelas de pedra. Uma visão bem diferente da selva de pedra das outras regiões da cidade. Por ali é tudo muito calmo, meio vazio e até dá um medinho. Na real parece cidade de interior, super paradaça.

O que achei muito legal foram as placas das ruas e de alguns pontos e lojas. Olha que diferenciada com essa escrita cheia de firula:

Caminhando por ali encontramos uma igreja muito curiosa, toda listrada numa vibe Tim Burton de ser. Adorei o prédio todo, e fiquei feliz com essa surpresa, afinal nem tínhamos programado e/ou visto no mapa. Nenhum site que falava de Bogotá, falava dessa igreja, a Nossa Señora Del Carmen.

Na verdade era uma igreja e do lado tem um colégio. Vai dizer que não é o máximo?

Ela fica na Calle de Las Culebras e dá pra ver a pontinha dela com alguma distância. Vai ser fácil achar, ainda mais depois de eu ter falado sobre ela aqui.

Não tem nada mega turístico ali. Não tem lojinha de bugiganga, não tem milhões de museus, nem restaurantes, é puramente o bairro e suas casa antigas. Se você quiser pura caliência colombiana, tem um lugar perto da Plaza Bolívar que tem aulas de salsa.

MAIS SOBRE A COLÔMBIA:

10 motivos para ir a Colômbia

Compras na Colômbia

Bebidas colombianas

Uchuvas, uma fruta que você vai querer experimentar na Colômbia

Andrés Carne de Res, o restaurante mais bacana do mundo!

Hostel Marlin Cartagena

– Castello de San Felipe de Barajas

– Usaquén

– La Candelaria em Bogotá

– Onde comer em Bogotá

Museu do Ouro em Bogotá

– Zona Rosa – Bogotá

– Onde comer em Cartagena

Onde comer em Cartagena: Mila Vargas

– Cerro Monserrate, para ter uma vista incrível de Bogotá

– Centro Histórico de Cartagena

Orquestra de Cartagena

Portas de Cartagena

– Playa Blanca

– Catedral de Sal

1 2 3