Como é o carnaval em Veneza: minha experiência em 1 dia da festa

Já falei aqui um pouco sobre Veneza, porém deixei o melhor e talvez um dos maiores atrativos da cidade para agora. Nenhum motivo aparente… quer dizer, acho que o frio daqui me fez pensar no frio que passei por lá! Carnaval com frio existe e foi um dos melhores, inclusive!

carnaval em veneza

Antes de estar lá, sempre pensei como é o carnaval de Veneza, no frio, sem praia, sem trio elétrico e toda a parafernália que temos aqui. Então eu te conto, foi o seguinte: acordamos em um dia muito frio e de chuva em Milão e pegamos o primeiro trem para Veneza (ás 7h30 da manhã). Depois de 3h30 de viagem, chegamos. Já era minha segunda vez por lá, então não fiz nada de turístico, só curti o carnaval. Tanto porque é meio impossível fazer algo turístico lá, pois, a quantidade de pessoas que já é grande em tempos normais, ficou ainda maior, e como estava chovendinho, andar nas ruas minúsculas da cidade, com guarda-chuva foi uma aventura!! Olha o mar de gente e guarda-chuva:

como é o carnaval em veneza

A princípio o carnaval por lá é bem silencioso, extremamente diferente daqui. Achamos bem estranho e, a bem da verdade, eu até esperava outra coisa. Tem sim muitos venezianos fantasiados, dos pés à cabeça, com aquelas roupas típicas e com as maravilhosas máscaras. O muito curioso é que eles ficam fazendo pose para todo o batalhão de turista em volta fotografar. É como se fossem obras de arte ali, esperando você tirar uma foto.

Mas sabe, tudo sem aquela zoação, aquela festança, aquela brincadeira uns com os outros como é aqui. É totalmente um mundo à parte.

como é o carnaval em veneza

A princípio não tem festas na rua com bloquinhos como temos aqui. O que tem mesmo são festas privadas, que só dão acesso com convite e tal, coisa phina! Porém vimos algumas bandinhas transitando por lá sim.

carnaval em veneza

Eles até procuram fazer um ritmo ou algo assim com samba. Pode ser que seja um tipo de música típica de lá que eu desconheço, mas a princípio, quando ouve-se, parece uma tentativa de um samba enredo como temos aqui.

carnaval veneza

Na Piazza San Marco tinha quentão (algo que eu nunca imaginei tomar lá!) rolando e estava muito ótimo, achei bem Brasil esse momento. Já a noite teve um show na praça também. Era uma mega estrutura, mas o tempo todo tinha uma pessoa falando, meio sendo engraçado, meio interagindo com as pessoas… e tudo isso ainda com algumas bandinhas… Não sei se eu curti muito esse show não, viu?

O campanário ao fundo mudava de cor, com imagens e projeções coloridas. Meio temático porque o nome do show chamava-se “Sensations”, por isso apareciam bocas, narizes, olhos, mãos e essas coisas. Eu sei que as fotos não estão soberbas, mas é que assim que deu pra registrar.

como é o carnaval em veneza

Para os brasileiros que amam carnaval, saiba que não vai encontrar NADA como aqui. Não tem bloquinhos cheios, não tem trio, não tem música alta pela cidade toda, nem foliões bêbados sendo inconvenientes. É tudo ao contrário. A cidade é quieta, músicas locais e poucas, nada muito alto. Eu vi sim pessoas bebendo e um ou outro além da conta, mas nem de longe se compara ao que é aqui. Foi tudo muito respeitoso, educado e eu diria até “chique”. Essas fantasias venezianas dão um ar muito diferente pro Carnaval.

Talvez o frio faça com que seja bem diferente né, porque aí meio não dá nem vontade de ficar na rua brincando.

Foi legal, foi bem diferente, foi divertido e foi muito frio, principalmente porque para voltar era ou 16h30 (não né?) ou 5h da manhã do dia seguinte. Pra quê pegar hotel quando se tem uma estação de trem aberta 24h e um carnaval frio rolando? Pra quê? Já estávamos bem cansados do frio e de ficar de pé o dia inteiro. Lá por 1h fomos para a estação nos juntar com muuuitos jovens que tiveram a mesma ideia brilhante de dormir por ali.

O trem de volta LOTOU e o mais engraçado é que todo mundo estava tão morto de cansaço e frio, que o trem entupido de estudantes foi um dos mais silenciosos da vi-da! Todo mundo capotou! Eu que durmo com dificuldade, sentei no trem e só acordei 3h30 depois quando chegamos em Milão! Depois ainda tínhamos uma jornada de mais 1h de bus para chegar em casa… chegamos 11h, loucos por um banho quentinho e uma cama macia, mas foi ótimo e eu faria tudo de novo!!

Comentários

comments

1Pingbacks & Trackbacks on Como é o carnaval em Veneza: minha experiência em 1 dia da festa

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.