Museus de Milão

Em Milão o turismo se dá basicamente em visitar o Castello Sforzesco, a Galeria Vittorio Emanuele e a Piazza del Duomo. Esses são os três pontos principais e que todo turista vai. Claro, existem outras coisas, mas é ali que fica a concentração de turistas.

Mas o post de hoje é sobre museus e não pontos turísticos. Já que citei o Castello, vamos começar por ali. Dentro dele existem várias exposições, permanentes e temporárias. Ali tem o Museu egípcio por exemplo, e a entrada custa em torno de 6 euros.

Outro museu bem perto dali é o Triennale Cadorna (atrás da estação Cadorna de metrô). Lá acontecem as exposições mais novas e cools do mundo artístico. O chato é que você não paga uma entrada única pra ver todo o museu, e sim uma entrada para cada uma! Cada exposição custa 10 euros (tenso!), mas normalmente são exposições famosas e vale a pena conferir pelo menos uma!

Além do Triennale Cadorna, tem o Triennale Bovisa, que funciona com o mesmo esquema, porém fica meio afastado do centro, na região de Bovisa. Pra chegar até lá, é necessário pegar o Passante (é tipo um metrô, só que leva até as cidades vizinhas de Milão) na estação Cadorna. A tarifa é a mesma de 1 euro cada trecho (ou 3 euros para andar o dia todo). A parada é a Bovisa, a 2ª parada da linha. Quando sair da estação, pegue à esquerda, e assim que descer as escadas, pegue a 1ª rua também a esquerda.

Outro museu muito legal, não só pelas exposições, mas pelo prédio em si, é o Palazzo Reale, exatamente do lado do Duomo. O museu traz várias exposições legais também, e cada uma é paga separadamente (tenso!), mesmos valores do Triennale.

Outro lugar interessante pra conhecer é a Pinacoteca di Brera. Como o nome já diz, fica em Brera, e lá as exposições são de obras mais clássicas e esculturas e tal. E o preço é mais camarada, custa 5 euros para ver tudo. O prédio é bem bonito também, apesar de não ser muito bem cuidado. Lá funciona a escola de artes, e sempre tem um monte de aluninhos com suas pastinhas e quadrinhos e tal. Por causa disso, na região você acha um monte de lojinhas de material de artes. Pra quem gosta de desenho, é um prato cheio!

Para chegar até lá desça na parada Lanza, da linha verde ou na parada Montenapoleone da linha amarela, mas tem que andar um pouquinho, ou então pegue algum dos trams: 1-4-8-12-14-27 ou o ônibus 61-97.

Se puder vá também à capela do convento de Santa Maria delle Grazie, onde está a “Última Ceia” em afresco de Leonardo da Vinci. A entrada custa 7,50 euros, mas as visitas são feitas com hora marcada apenas, com no 25 visitantes a cada 15 minutos. Para marcar a visita ligue: +39 02 92800360.

Outro museu novo e que fiz um post completo aqui no blog é o Museo del 900. Explico muito sobre ele neste post aqui.

Tem bem mais dicas de Milão no nosso guia gratuito! Tudo junto pra você baixar e levar na viagem! De hotéis a restaurantes, passeios, museus, compras e muito mais!

Comentários

comments

1 Comment on Museus de Milão

  1. beto
    27 de abril de 2010 at 12:47 (9 anos ago)

    adoro chafarizes.
    e esse chafariz é lindo!

    Responder

Leave a Reply