Tour do Rock: The Smiths

Ingressos para os shows do Morrissey no Rio de Janeiro e em São Paulo comprados.

DVD “Who Put the M in Manchester?” rolando.

Hora de começar a escrever sobre minha breve visita a Manchester.

Manchester serviu de berço para várias bandas consagradas no mundo do rock e, em passagem pela Inglaterra, não pude deixar de conhecer a cidade mais alaranjada de todas as cidades que eu já vi. Não sei se foi por saber disso que eu tive essa sensação, mas, na minha opinião, Manchester tem a cara e os ares do rock mesmo. Alguns diriam que é do futebol, mas disso eu já não entendo.

Manchester

Foi em Manchester que eu pude descontar toda a raiva reprimida que eu tinha por todas as vezes que alguém falava “Ronaldo” quando eu dizia que era brasileira, pois lá eu pude responder “Smiths” para todos que perguntavam o que eu estava fazendo lá e o que eu sabia sobre a cidade.

Eu cheguei em Manchester meio perdida. Queria conhecer a cidade por causa dos Smiths, mas não tinha pesquisado nada sobre os lugares pelos quais eu deveria passar. No hostel eles já perguntaram logo de cara por que eu escolhi visitar Manchester e quando eu respondi que era por causa dos Smiths eles imprimiram na hora um roteiro completo passando por todos os lugares relacionados a banda. Foi lindo. A equipe do hostel era muito atenciosa e eu achei o hostel criativo porque cada andar era dedicado a uma banda/cantor. Só fiquei desapontada porque eles não me deixaram no andar dos Smiths. He.

Como eu passaria apenas um dia e meio na cidade, eu precisava correr para conseguir ver o máximo de coisas possível.

Affleck’s Palace

O Affleck’s Palace é um edifício de lojas independentes, a maioria delas de rock. Na verdade, é como se fosse a Galeria do Rock de São Paulo. O estilo é o mesmo, inclusive das pessoas que frequentam. Mas é bastante interessante e dá pra perder umas boas horas passeando pelos 4 andares do lugar. Nas paredes externas do edifício existem mosaicos com vários temas de Manchester e, em um deles, temos o Morrissey como protagonista.

Manchester Central Library

“It definitely began with the water. It must also have something to do with Central Library. I was born in Central Library – in the crime section.” (Morrissey)

Bem, isso explica muita coisa, né. Enquanto todos os jovens de Manchester frequentavam bares e baladas, Morrissey gastava seu tempo na biblioteca.

Manchester (8)

Tem um outro trecho dessa mesma entrevista que ele falou que frequentava a biblioteca que o entrevistador fala “Ah, Manchester – the music, the clothes, the violence, the grace, the sex…” e Morrissey responde: “I don’t remember any sex”. É o Morrissey, né gente. Tadinho. Hahaha.

The Haçienda

The Haçienda está para The Smiths mais ou menos como The Cavern Club está para The Beatles. Mas se, por um lado o The Cavern Club foi onde os Beatles começaram, o Haçienda foi onde os Smiths fizeram seus maiores shows, pois era o clube mais famoso de Manchester.

Atualmente o The Haçienda é um edifício de apartamentos. Acho uma pena, pois eu gostaria muito de poder ter entrado e visto como era o lugar onde eles se apresentaram, da mesma maneira que fiz no The Cavern em Liverpool.

The Ritz

O The Ritz é uma casa de shows localizada na mesma rua do The Haçienda, mas essa existe até os dias de hoje e foi onde os Smiths fizeram seu primeiro grande show.

Ritz, Manchester

Desculpe, mas eu tive que pegar essa foto da internet porque só quando montei o post que eu vi que não tinha fotos do The Ritz, mas não lembro o motivo. Pra economizar memória, talvez. Quando eu viajei (2007) eu tinha um cartão de 1GB que deveria durar uma viagem toda de um mês. E olha que cartão de 1GB naquela época era MUITO. Enfim, fiquei triste por não ter foto do The Ritz.

Salford Lads Club

Essa visita foi a mais #Fail de todas. Meu objetivo era chegar aqui e tirar uma foto igual a essa:

Mas acontece que o lugar era MUITO longe e, mesmo com o mapa, eu me perdi. No caminho encontrei uma mulher e pedi ajuda, ela disse que trabalhava lá perto e me levaria. Fui caminhando um longo trajeto ao lado dela, que me bombardeava com perguntas sobre Manchester e eu não sabia nada sobre a cidade. Que vergonha. Só respondia “Smiths, Smiths, Smiths” num looping até chegar no serviço dela. Daí ela falou pra eu seguir mais um pouco e virar na rua do lugar. Cheguei lá, achei rua, mas nada do tal clube. Andei, andei e NADA. Então concluí que o tal lugar não existia mais e sem a tal placa “Salford Lads Club” eu jamais poderia reconhecê-lo, pois as construções são todas iguais. Fui embora, mas segui cantando “Stop Me If You Think You’ve Heard This One Before“. Pensando que eu estava na rua certa e que o lugar não existia mais, eu ainda sabia que o clipe foi gravado nas redondezas, então pelo menos eu estaria circulando em algum lugar do clipe.

Manchester (22)

O problema é que depois eu fui pesquisar eu descobri que a merda do lugar existe ainda e que não ficava na rua que eu estava, mas sim na primeira paralela depois da minha. Foi nessa hora que eu odiei o pessoal do hostel por ter dado pra mim um mapa tão ruim, afinal de contas, eu tinha que culpar alguém por não ter tirado aquela maldita foto. He. Também odiei todos os moradores do bairro por não estarem na rua para me dar informação. Nunca vi lugar mais deserto!

No meu mapa dizia que o lugar era na Regents Rd, mas na verdade é na Coronation St que é paralela a Regents. Shame on me! Por isso eu aprendi que, por mais curta que seja a sua viagem a qualquer destino, não seja preguiçoso a ponto de não pesquisar antes. Entendido?

Casa de infância do Morrissey

A casa dele também era longe, mas fácil de chegar. Só pegar o bonde Altrincham em Piccadilly Gardens e descer na estação Old Trafford. É um bairro bem calmo e também bastante deserto. A rua da casa de infância do pequeno Moz é a King’s Road.

rua moz

E a casa dele era a n° 384. Bom saber, porque todas são IGUAIS.

Fiquei pensando nele brincando no quintal ali, na pracinha que tinha perto e tal. Acho engraçado porque quando eu sou fã de alguém, não penso nessas coisas. Parece que a pessoa já nasceu pronta, no palco e cantando.

Fora esses lugares que eu visitei, existem outros que eu não tive tempo de ir, mas se alguém se interessar e quiser saber é só entrar em contato que eu passo meu mini guia do hostel.

Queria só acrescentar aqui que fui até Manchester para visitar os lugares dos Smiths, mas que foi aqui em Curitiba, minha cidade natal, que eu conheci um Smith, o Andy Rourke, que veio discotecar no Vox e nessa ocasião a tietagem foi forte!

andy

E em março vou conhecer o Morrissey na véspera do meu aniversário! Presente melhor não existe.

Espero que tenham gostado do nosso tour e que venham os shows!!!!

Comentários

comments

18 Comments on Tour do Rock: The Smiths

  1. Neimar
    13 de fevereiro de 2012 at 10:57 (7 anos ago)

    Ótimo passeio!!!
    Fui a Manchester em 2008 e fiquei em um hostel próximo ao Old Trafford, campo do Manchester United.
    Meu principal local nesta viagem era conhecer Salford Lads Club. Sai um dia pela manhã na intenção de conhecer, e depois seguir até Liverpool, foi muito dificil, muitos não conheciam ou não sabiam explicar, levei horas rodando em circulos e desisti.
    Estava com minha namorada e falei vamos pra liverpool, o acaso foi grandioso, seguindo pela estrada olho para minha direita e vejo o Salford Lads Club, nem Eu acreditava.
    Na primeira entrada a esquerda entrei naquele condominio, deduzo Eu, e cheguei ao local tão desejado. A chuva era constante e esperei até o momento que foi possível descer do carro, o clube estava fechado, frustração…dei uma volta ao redor e escutei uns barulhos dentro do clube e me aproximei a um porta nos fundos do clube o responsavel pela obra nos viu e abriu a porta do Salford Lads Club pra conhecermos. Visitei a sala dedicada ao sensacional banda The Smiths e posso falar valeu a pena e voltarei!!!

    Responder
    • Mariana
      Mariana
      13 de fevereiro de 2012 at 11:01 (7 anos ago)

      Sério?! Ai que inveja que vc conseguiu!
      Manda a foto pra gente que eu faço um update no post aqui.
      Manda, manda
      :)

      Responder
  2. Neimar
    13 de fevereiro de 2012 at 11:02 (7 anos ago)

    Correções:
    Olho a minha esquerda e não a direita;
    Liverpool e não liverpool;
    A sensacional banda e não ao sensacional banda.

    Tinha me esquecido:

    Parabéns e Abraços!!!

    O ingresso para o show em São Paulo já esta comprado!!!

    Responder
  3. Zarra
    13 de fevereiro de 2012 at 11:23 (7 anos ago)

    Fui pra Manchester no ano passado e tentei conhecer o Salford Lads Club também, mas no centro de guias turísticos de Manchester me disseram que a rua estava em reforma na ocasião e que eu não conseguiria chegar até lá, ia perder tempo e ver o lugar de longe apenas. Paguei um guia turístico que me mostrou os principais pontos da cena de Manchester dos anos 80, falando do Joy Division, New Order, Happy Mondays e, claro, do The Smiths. Além dos pontos que vc descreveu, conheci também a Factory 51, a loja de discos que o Mozz trabalhava qdo escreveu “Heaven Knows…”, os portões do cemitério e algumas coisas mais. Foi muito bom e espero poder voltar um dia tb.

    Parabéns pelo post.

    Responder
    • Mariana
      Mariana
      13 de fevereiro de 2012 at 11:32 (7 anos ago)

      Que legal que conseguiu conhecer os outros lugares também, infelizmente pela falta de planejamento não consegui ver tudo, mas já deu pra matar um pouquinho a curiosidade.
      Também queria muito voltar um dia.

      Responder
  4. Neimar
    13 de fevereiro de 2012 at 12:23 (7 anos ago)

    Pode deixar depois mando algumas fotos!!!

    Responder
    • Mariana
      Mariana
      13 de fevereiro de 2012 at 13:37 (7 anos ago)

      Eba!
      \o/

      Responder
  5. Lucas Túlio
    13 de fevereiro de 2012 at 13:26 (7 anos ago)

    Massa! Só aguardando o show do Moz aqui em BH agora.

    Responder
    • Mariana
      Mariana
      13 de fevereiro de 2012 at 13:38 (7 anos ago)

      Eu vou no Rio e em São Paulo, mas se não fosse no meio da semana, iria no de BH também.
      Boa sorte na compra dos ingressos amanhã.

      Responder
  6. Thiago
    21 de fevereiro de 2012 at 11:44 (7 anos ago)

    Ingresso para o show no rio nas mãos!!!!

    Responder
    • Mariana
      Mariana
      21 de fevereiro de 2012 at 11:51 (7 anos ago)

      \o/

      Responder
  7. Thiago
    21 de fevereiro de 2012 at 11:46 (7 anos ago)

    Excelente blog!

    Responder
    • Mariana
      Mariana
      21 de fevereiro de 2012 at 11:51 (7 anos ago)

      Obrigada
      :)

      Responder
  8. Reginaldo Pontes
    10 de dezembro de 2014 at 18:24 (4 anos ago)

    Olá
    Em julho irei a Manchester….e fiquei interessado nesse hstel q vc mencionou…qual o nome?
    Obg
    Reg Pontes

    Responder
    • Mariana
      Mariana
      10 de dezembro de 2014 at 22:01 (4 anos ago)

      Olá Reginaldo,
      Não lembro o nome do hostel, mas tenho essa informação na minha pastinha com a papelada de viagem.
      Vou dar uma olhada e assim que eu achar, te digo ;)

      Responder
  9. Reginaldo Pontes
    10 de dezembro de 2014 at 18:25 (4 anos ago)

    Olá
    Em julho irei a Manchester….e fiquei interessado nesse hstel q vc mencionou…qual o nome?
    Obg
    Reg Pontes

    Responder

2Pingbacks & Trackbacks on Tour do Rock: The Smiths

Leave a Reply